Mudança do calendário eleitoral e destaque no ‘Cabeças do Congresso’ marcam julho de 2020

Sigla também lançou uma cartilha com orientações sobre o processo eleitoral e teve destaque em pautas importantes no Congresso para minimizar os efeitos da pandemia

Publicado em 11/01/2021 - 10:00

Brasília (DF) – O mês de julho de 2020 foi marcado pela mudança do calendário eleitoral em razão da pandemia de Covid-19. As votações foram transferidas para o dia 15 e 29 de novembro, primeiro e segundo turnos, respectivamente. Também foram destaques no mês o lançamento de uma cartilha com orientações sobre o novo calendário eleitoral, o pacote de figurinhas para Whatsapp e o quadro “Eu te Explico”, o posicionamento do Republicanos no levantamento do “Os Cabeças do Congresso” e a disponibilização de serviços on-line para garantir a continuidade da prestação dos atendimentos aos filiados, correligionários, parlamentares e pré-candidatos para as Eleições 2020.

Confira, abaixo, os principais destaques.

Mudança no calendário eleitoral

Em julho, a Câmara dos Deputados aprovou o relatório do líder Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR) à Proposta de Emenda à Constituição 18/2020. A PEC fixou novas datas para as eleições municipais 2020 em razão da pandemia de Covid-19. “Vivemos um momento atípico, no qual o coronavírus se revelou altamente contagioso. Estamos convencidos de que a alteração do calendário eleitoral é a medida necessária no atual contexto de emergência de saúde pública”, defendeu Jhonatan, que também é médico.

As votações foram transferidas para o dia 15 de novembro, em primeiro turno, e para o dia 29 de novembro, em segundo turno. As novas datas foram estabelecidas após debates entre membros da Câmara dos Deputados, do Senado Federal e do Tribunal Superior Eleitoral. Representantes da sociedade e institutos de pesquisa das áreas de direito eleitoral, infectologia e epidemiologia também foram ouvidos e contribuíram para que as eleições fossem adiadas.

Na solenidade de promulgação do texto, o vice-presidente da Câmara, deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP), destacou a importância do consenso para a aprovação da matéria. “Mais valiosa do que a vida política de uma nação é a própria vida dessa nação. Dialogamos de forma muito próxima com os prefeitos e vereadores para conseguirmos o apoio necessário”, disse. Além das reuniões na esfera municipal, Marcos Pereira citou as articulações com o Tribunal Superior Eleitoral, especialistas em Direito Eleitoral, a comunidade científica, profissionais de saúde e lideranças partidárias para a definição das novas datas.

Cartilha com orientações sobre novo calendário eleitoral

O mês de julho no Republicanos também foi marcado pelo lançamento de uma cartilha com orientações para pré-candidatos e dirigentes do partido sobre o novo calendário eleitoral 2020. A publicação trouxe informações sobre as alterações de data no calendário eleitoral tais como a desincompatibilização para cargos, convenções partidárias, registro de candidaturas, propaganda eleitoral, inclusive na internet, prestação de contas, transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral) e diplomação. Confira a matéria completa AQUI.

Cabeças do Congresso

Também em julho, os parlamentares do Republicanos mais uma vez se destacaram no levantamento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) que identifica os senadores e deputados mais influentes do Congresso Nacional, “Os Cabeças do Congresso”.

O resultado da 27ª edição da série “Os Cabeças do Congresso Nacional” destaca o desempenho dos deputados federais Marcos Pereira (Republicanos-SP), João Roma (Republicanos-BA), Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), Hugo Motta (Republicanos-PB) e do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

O levantamento do Diap consiste em identificar aqueles 100 parlamentares com mais habilidade para “elaborar, interpretar, debater ou dominar regras e normas do processo decisório”.

Prêmio Congresso em Foco: Republicanos possui 27 indicados

Em sua 13ª edição, o Prêmio Congresso em Foco, que escolhe os melhores parlamentares do país, contou com a indicação de 27 parlamentares do Republicanos. Os indicados foram: os deputados(as) federais Aline Gurgel (AP), Amaro Neto (ES), Aroldo Martins (PR), Benes Leocádio (RN), Carlos Gomes (RS), Dr. Gonçalo (MA), Gilberto Abramo (MG), Hélio Costa (SC), Hugo Motta (PB), Jhonatan de Jesus (RR), João Campos (GO), João Roma (BA), Jorge Braz (RJ), Julio Cesar Ribeiro (DF), Lafayette de Andrada (MG), Luizão Goulart (PR), Manuel Marcos (AC), Márcio Marinho (BA), Maria Rosas (SP), Milton Vieira (SP), Ossesio Silva (PE), Roberto Alves (SP), Rosangela Gomes (RJ), Severino Pessoa (AL), Silvio Costa Filho (PE), Vavá Martins (PA) e Vinicius Carvalho (SP).

Criado em 2006, o Prêmio Congresso em Foco é um antídoto contra a antipolítica, ou seja, contra a ideia de que toda forma de fazer política em um ambiente democrático – por meio da organização de partidos políticos e de eleições livres – deve ser repudiada e combatida.

Republicanos intensifica atuação on-line durante pandemia

A pandemia de Covid-19 afetou a vida de milhões de pessoas em todo o mundo e obrigou instituições a adotarem uma nova modalidade de trabalho aos colaboradores para garantir a prestação de seus serviços, uma vez que a atuação presencial foi comprometida por causa dos riscos de contaminação. No Republicanos, as atividades foram adaptadas para garantir a continuidade da prestação dos serviços aos filiados, correligionários, parlamentares e aos pré-candidatos.

Na Tesouraria da Executiva Nacional, por exemplo, os contadores e tesoureiros estão sendo orientados por reuniões on-line sobre os procedimentos, mecanismos e ferramentas internas do setor que devem ser adotadas pelas comissões executivas estaduais e municipais, além das atualizações da legislação sobre as Eleições 2020.

Já na Secretaria Nacional, as filiações podem ser feitas pelo portal do Republicanos de forma on-line, sem a necessidade de se deslocar a um diretório para efetivar o ato. Também há a possibilidade das demandas serem solucionadas por e-mail das respectivas comissões executivas estaduais, além de uma canal exclusivo pelo WhatsApp para atendimento aos secretários estaduais e municipais.

No Mulheres Republicanas, os encontros presenciais foram substituídos pelos virtuais. Com a tendência de ações on-line, também foi possível ampliar os cursos de capacitação para as secretárias do movimento em todo o país e preparar as pré-candidatas para o pleito eleitoral de 2020.

A Agência Republicana de Comunicação (ARCO) também emplacou importantes projetos. Um exemplo foi o lançamento do novo portal do Republicanos, que trouxe mais usabilidade e funcionalidades para que o usuário possa acompanhar com mais agilidade o trabalho desenvolvido diariamente pela sigla no Congresso Nacional em favor do Brasil e das principais pautas, além de conteúdos informativos, serviços e ações desenvolvidas pelas principais lideranças e dos movimentos republicanos. Confira a matéria completa AQUI.

Pacote de figurinhas para WhatsApp

No ritmo de pré-campanha para as Eleições 2020, a Agência Republicana de Comunicação (ARCO) lançou um pacote de figurinhas exclusivas para o aplicativo de mensagens WhatsApp. As criações foram disponibilizadas para downloads no portal nacional e também puderam ser instaladas facilmente em aparelhos Android ou Apple. “Sempre realizamos campanhas de mobilização. No caso das figurinhas, o objetivo é espalhar a identidade do Republicanos pelo Brasil. O WhatsApp será estratégico nas eleições e nós precisamos intensificar a comunicação no aplicativo”, afirmou Helen Assumpção, coordenadora da ARCO.

Jovens Republicanos lança quadro “Eu te Explico!”

Também em julho, o Jovens Republicanos passou a contar com um espaço exclusivo para abordar temas atuais e esclarecer dúvidas dos filiados. O movimento lançou o quadro “Eu te Explico!”, que aborda, quinzenalmente, temas de interesse da juventude, questões políticas locais e explicará de forma simples temas do cotidiano nacional. O programa vai ao ar sempre às quartas-feiras, nas redes sociais oficiais do Republicanos. No primeiro quadro, Bruno Góes, coordenador nacional de comunicação e mídias sociais do Jovens Republicanos, apresentou um panorama das duas propostas de Reforma Tributária que tramitam no Congresso Nacional.

E-book com estratégias digitais

O Jovens Republicanos Nacional também lançou em julho o e-book “10 passos para melhorar sua estratégia nas redes sociais”. A publicação trouxe orientações para pré-candidatos sobre como utilizar as mídias sociais para que possam ampliar as chances de vitória no pleito eleitoral de 2020. O e-book foi elaborado pela coordenação nacional de comunicação e mídias sociais do Jovens Republicanos e traz, entre outros conteúdos, dicas de como conhecer o público-alvo, planejamento e estratégias multiplataformas. “As redes sociais alteraram a forma de interagir, responder demandas e atender as necessidades locais. Independentemente de sua atuação ser focada no âmbito municipal, estadual ou nacional, a internet é a conexão on-line com seu público”, destacou Góes.

Atuação do Republicanos na Câmara

Com apoio da bancada republicana na Câmara, foi aprovada em julho a criação do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Os deputados federais Maria Rosas (SP) e Luizão Goulart (PR), ambos professores e membros da comissão que analisou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/15, consideraram a votação histórica e de grande relevância para o país.

Maria Rosas reforçou que o Fundeb é a principal fonte de recursos da educação básica no Brasil, responsável por mais de 60% das creches, ensino fundamental e médio do país. A parlamentar observou que a iniciativa promove menos desigualdades de recursos entre os agentes de ensino. “Isso faz com que caiam consideravelmente as diferenças que existem entre as escolas que mais investem por aluno e as que menos investem”. A proposta amplia para 23% a contribuição da União para o fundo, de maneira progressiva. No formato atual, esse valor é 10% sobre o repassado por estados e municípios. Ainda de acordo com o texto, cinco pontos percentuais serão destinados à educação infantil. “Garantir recursos estaduais, municipais e federais dentro de uma perspectiva adequada vai permitir um ensino muito melhor”, comentou a republicana.

Auxílio emergencial para agricultores durante pandemia

Em julho, o deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos-PE) defendeu a aprovação do relatório ao Projeto de Lei 7335/20, que determina uma série de medidas de proteção aos agricultores familiares durante a pandemia do coronavírus. “Eu sou neto de um cortador de cana e conheço as dores e os sorrisos do homem do campo. Nós, do Republicanos, desde o primeiro momento fomos a favor do projeto por entender que o auxílio será fundamental para milhões de homens e mulheres”, afirmou. Na avaliação do parlamentar, a aprovação da matéria foi um reconhecimento do Parlamento. “Isso mostra que cada vez mais o Congresso Nacional, sobretudo a Câmara, está se reencontrando com a sociedade, votando matérias que, sem dúvida nenhuma, vão ativar a economia e melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, disse.

Por Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

 

Reportar Erro
Send this to a friend