Marinho exige garantia do atendimento ao consumidor por meio dos SACs

Proposta do deputado torna obrigatório o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) durante o estado de calamidade pública

Publicado em 15/03/2021 - 17:06

Brasília (DF) – Na data em que se celebra o Dia Nacional do Consumidor, 15 de março, o deputado federal Márcio Marinho (Republicanos-BA) apresentou o Projeto de Lei 844/2021, que torna obrigatório o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) durante o estado de calamidade pública.

O projeto leva em consideração o aumento significativo da insatisfação dos consumidores durante a pandemia, apontado pela análise do Centro de Inteligência Padrão (CPI) em parceria com a OnYou, onde 52% dos brasileiros relataram piora no serviço que tem como finalidade resolver as demandas dos consumidores sobre informação, dúvida, reclamação, suspensão ou cancelamento de contratos.

“Desabilitar um serviço de call center sem disponibilizar outra forma de contato é um desrespeito ao consumidor, até porque o trabalho pode ser realizado em home office, evitando dispensa de empregados e garantindo o atendimento necessário sem trazer prejuízo”, afirma.

O parlamentar também ressalta que apesar dos esforços das empresas para que os clientes passem a utilizar canais digitais na resolução de problemas, o telefone ainda é o canal preferido para atendimento do SAC e a forma mais acessível de contato, tendo em vista o isolamento social.

Texto: Ascom – deputado federal Márcio Marinho
Foto: Douglas Gomes – Liderança do Republicanos na Câmara 

Reportar Erro
Send this to a friend