Tia Eron quer debater ampliação da licença-paternidade no Brasil

Republicana traz discussão do Marco Legal da Primeira Infância com foco na ampliação do benefício no País

Publicado em 22/06/2016 - 00:00

Tia Eron quer debater ampliação da licença-paternidade no Brasil
Requerimento de audiência pública da republicana foi aprovado na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados

 

Brasília (DF) – A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados aprovou o requerimento 9/2016, da deputada Tia Eron (PRB-BA), que propõe audiência pública sobre o aumento da licença-paternidade como estratégia para o desenvolvimento integral na Primeira Infância, à luz da nova Lei 13.257/2016.

“Consideramos essa discussão de grande relevância, pois um dos aspectos que nos chama a atenção no Marco Legal da Primeira Infância está justamente na alteração em relação à licença-paternidade, com específico interesse para as mulheres, pelo reconhecimento da importância do vínculo do pai com os filhos especialmente neste período da vida”, justifica Tia Eron.

A audiência será realizada no próximo dia 6 de julho, às 14 horas, na Câmara dos Deputados, em conjunto com a Comissão de Seguridade Social e Família, como atividade integrante do IV Seminário Internacional do Marco Legal da Primeira Infância. O evento trará palestras que discutirão a saúde do homem, questões relativas à economia, experiências de prefeituras no Brasil que adotaram a licença-paternidade de 30 dias. Também estarão presentes representantes do Instituto Promundo para apresentar e debater estudos e recomendações do Grupo de Trabalho sobre Paternidade da Rede Nacional Primeira Infância.

“Muitas pesquisas mostram que o apoio do pai à díade mãe-filho é um grande diferencial na maior probabilidade de aleitamento materno, na estabilidade emocional da mulher e na construção de vínculos familiares saudáveis. Contribui ainda para um equilíbrio no desenvolvimento e nas relações afetivas e sociais da criança na primeira infância, fase muito importante, quando as experiências que ocorrem neste período podem gerar consequências para toda sua vida”, finalizou a parlamentar, autora do requerimento.

Fonte: Ascom – deputada federal Tia Eron
Foto: Douglas Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend