Roberto Alves organiza evento para discutir crime sexual contra menores em Campinas

Roberto Alves organiza evento para discutir crime sexual contra menores em Campinas

Publicado em 20/05/2013 - 00:00

 
 
Roberto Alves organiza evento para discutir crime sexual contra menores em Campinas
Dados alarmantes apontam que, na maioria dos casos, o criminoso é o próprio pai, padrasto, tio ou outro parente próximo à vítima

Campinas (SP) – O vereador do PRB e presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, Roberto Alves, organizou na semana passada, na Câmara Municipal de Campinas, uma reunião para discutir o abuso e a exploração sexual contra os menores, abordando principalmente o tema família.  Dados alarmantes apontam que, na maioria dos casos, o criminoso é o próprio pai, padrasto, tio ou outro parente próximo à vítima.

Além da punição dos criminosos, Roberto Alves defende a instalação de uma delegacia em Campinas especializada no atendimento de casos de violência sexual contra menores.  “Precisamos de um local especial para atender essas crianças, com equipe treinada e ambiente onde ela se sinta confortável e segura para falar sobre a violência que sofreu”, explica.

O juiz da Vara da Infância e Juventude, Richard Pae Kim, informou que o projeto ‘Depoimento Especial’ deve ser implantado em breve nas cidades de Campinas, Guarulhos, São Caetano e Atibia. De acordo com o projeto, em caso de violência sexual contra menores, as vítimas não serão ouvidas na frente do acusado, juiz ou promotor. Elas gravarão seus depoimentos individualmente, acompanhadas de um psicólogo e assistente social.

No fim do evento, o vereador republicano afirmou ainda que vai lutar para que cada vez mais os munícipes estejam informados sobre as ferramentas de denúncia e os serviços de proteção à criança e ao adolescente para, desta forma, inibir a ação dos criminosos.

Dados alarmantes

Pesquisa feita pelo Ministério da Saúde mostra que, em 2011, foram registrados 14.625 notificações de violência doméstica, sexual, física e outras agressões contra crianças menores de dez anos.

Em Campinas, de acordo com os dados do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) foram realizados 1.200 atendimentos de vítimas de violência doméstica em 2012, sendo que 180 são os casos em que a violência acontece dentro do ambiente familiar.

Texto: Danielli Ferreira – ASCOM – PRB/SP
Foto: Divulgação

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro