Republicanos 16 anos: uma trajetória de vitórias a favor do Brasil

Aos 16 anos, o partido comemora feitos históricos e reafirma seu compromisso e protagonismo sobre decisões importantes em favor dos brasileiros

Publicado em 25/08/2021 - 10:49

Brasília (DF) – O Republicanos completa 16 anos nesta quarta-feira (25) com uma trajetória de conquistas e convicto dos seus compromissos com o fortalecimento da democracia e o desenvolvimento do país.

Ao longo destes 16 anos, o Republicanos se mantém como um dos partidos mais ascendentes entre os demais, sendo, atualmente, o quinto maior partido do país, com 31 deputados federais, um senador, 47 deputados estaduais e distritais, 213 prefeitos, 2.551 vereadores e quase 500 mil filiados.

Deputado federal Marcos Pereira, presidente nacional do Republicanos /Foto: Douglas Gomes

“É obvio que estes números são relevantes, são extremamente significantes, mas ainda não são satisfatórios. Nós precisamos continuar trabalhando, precisamos continuar planejando para que o nosso partido continue crescendo. Daqui a pouco mais de um ano, nós teremos eleições, no próximo ano, em 2022. E o nosso grande desafio é aumentar a nossa bancada de deputados federais, a nossa bancada de senadores, e, também, por óbvio, a nossa bancada de deputados estaduais e distritais, aqui, em Brasília”, destaca o deputado federal Marcos Pereira (SP), presidente nacional do Republicanos.

O Republicanos quer contribuir para a recuperação do bem-estar dos brasileiros, garantir estabilidade financeira, justiça social e equilíbrio em todos os momentos políticos do país. Estas sãos as prioridades e as maiores defesas neste aniversário.

O partido se orgulha de seus quadros, de poder contribuir para que jovens e mulheres tenham a oportunidade de ingressarem na política e fazerem dela uma ferramenta capaz de transformar vidas. Este é um ideal possível e perseguido para que todos tenham voz e vez e continuem propagando a boa política.

Busca de soluções para o Brasil

Unido, com muito trabalho, pragmatismo e seriedade, o Republicanos continua na luta pela geração de oportunidades e atento às principais causas dos brasileiros. Em tempos difíceis, como agora, o partido não mediu esforços e se concentrou na busca por expostas à pandemia causada pelo novo coronavírus. Desde as câmaras de vereadores, secretarias, movimentos do partido, prefeituras, no Ministério da Cidadania e no Congresso Nacional.

Em 2020, no esforço para aprovar medidas que ajudem no combate à Covid-19 e seus efeitos, o Republicanos ajudou a aprovar o Projeto de Lei 23/2020 (transformado na Lei 13.979, de 2020), que regulamentou as medidas de emergência de saúde pública provocada pelo vírus, como isolamento, quarentena e fechamento de portos, rodovias e aeroportos.

Ainda neste esforço, o partido, por meio e nota oficial, manifestou apoio incondicional ao pedido de reconhecimento de estado de calamidade pública feito pelo governo brasileiro ao Congresso Nacional. Sendo, portanto, aprovado no dia 20 de março o PDL 88/2020, que reconheceu o estado de calamidade pública no país.

Medidas como auxílio emergencial para socorrer os que mais precisam teve total apoio do Republicanos para ajudar a enfrentar e superar período mais crítico da história atual do país. Além disso, o partido tem ajudado a aprovar medidas de prorrogação de prazos, exclusão de juros e a preservação do emprego são algumas das medidas que têm o apoio do partido.

Republicanos amplia força

Como parte de sua história de ascensão, o Republicanos foi apontado recentemente como o partido que não perdeu nenhum parlamentar na atual Legislatura e garantido o melhor saldo de votos nas eleições, com as filiações de novos deputados na Câmara.

O levantamento do Poder 360, com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mostra a sigla no topo da lista, com um aumento de mais de meio milhão de votos, com a filiação dos cinco deputados.

Estes cinco novos deputados que ingressaram nas fileiras republicanas somam 508.369 votos obtidos nas eleições de 2018. São eles: Benes Leocádio, do Rio Grande do Norte; Marco Feliciano, de São Paulo; Gil Cutrim e Dr. Gonçalo, do Maranhão; e Deuzinho Filho, do Ceará.

O resultado mostra, mais uma vez, a unidade da sigla, a liderança de seu presidente e o seu compromisso, principalmente na resolução dos principais problemas dos brasileiros e brasileiras.

Deputado federal Hugo Motta, líder do Republicanos na Câmara/Foto: Douglas Gomes

“Temos posições firmes, somos comprometidos com o Brasil, e estamos em busca de soluções rápidas para os graves problemas enfrentados pelo país. Nossa bancada é coesa, unida, e se posiciona sempre ouvindo os principais anseios da população. Como diz o presidente Marcos, ‘nada resiste ao trabalho”, pontuou o líder do Republicanos na Câmara, deputado Hugo Motta (PB).

Quem acompanha a trajetória do Republicanos ao longos destes 16 anos sabe que desde a primeira eleição, em 2006, a sigla tem ampliado o número de eleitos e ganhado, cada vez, mais a confiança do povo brasileiro. Confiança esta que o partido assegura a todos, sejam no Congresso Nacional, onde demonstra seu protagonismo, seja nas assembleias, prefeituras e secretarias.

Republicanos 16 anos 

O compromisso e a proximidade com os eleitores são primados de primeira ordem, e o Republicanos se manterá firme em defesa da democracia, das instituições e, principalmente, dos brasileiros e brasileiras.

“Eu quero desejar a todos que fazem parte direta ou indiretamente do Republicanos, um feliz aniversário para todos, porque o partido faz aniversário, mas quem celebra somos nós. Que a gente possa continuar nessa trincheira de propagar o republicanismo e o conservadorismo com equilíbrio e com bom diálogo. Feliz aniversário, Republicanos”, parabenizou Marcos Pereira.

FRB e Faculdade Republicana

Também fazem da parte da história do Republicanos, a Fundação Republicana Brasileira (FRB) e a Faculdade Republicana. 

A FRB foi fundada em 2 de março de 2007. A entidade sem fins lucrativos é mantida pelo Republicanos e tem como principais finalidades a pesquisa, a doutrina e a educação institucional, política e constitucional. Com sede em Brasília, já alcançou todos os estados brasileiros com seus serviços e suas principais atividades incluem os cursos de política e lideranças femininas nos formatos presencial e on-line, além de formações específicas para idosos, jovens, surdos, e pré-candidatos, além de cursos de idiomas como inglês e espanhol.

Outra grande conquista foi a Faculdade Republicana, que completou três anos no dia 16 de agosto, e há dois, está em pleno funcionamento e crescimento. Recentemente, a faculdade recebeu autorização do MEC para os novos cursos de graduação em Direito, no formato EAD, e o de tecnólogo em Gestão Pública, na modalidade presencial. Além disso, a instituição vai oferecer novos cursos de graduação na modalidade virtual. A Republicana aguarda apenas a autorização do MEC para começar as aulas em 2022. Ao todo, são mais de 20 cursos de graduação e oito de pós-graduação, além de cursos de extensão e de aperfeiçoamento, alguns em parceria com instituições renomadas como a UNIDOMPEDRO.

Por Agência Republicana de Comunicação – ARCO 

 

Reportar Erro
Send this to a friend