Republicanos homenageiam Dia do Idoso em sessão solene

Diego Garcia, Ossesio Silva e Julio Cesar Ribeiro falaram da importância da família e de políticas públicas no cuidado das pessoas acima de 60 anos

Publicado em 09/11/2022 - 19:54

Brasília (DF) – Nesta quarta-feira (9), a Câmara dos Deputados homenageou o Dia Nacional e Internacional do Idoso em sessão solene. A iniciativa da solenidade foi dos republicanos Diego Garcia (PR), Julio Cesar Ribeiro (DF) e Ossesio Silva (PE). “Precisamos repensar o envelhecimento, que não é o fim, mas o renascimento do ser humano para uma nova forma de viver a vida em sua plenitude”, afirma Diego Garcia.

O parlamentar ressaltou o aumento da expectativa de vida e avanço da ciência, que fazem das pessoas acima de 60 anos mais produtivas. “Devemos combater a solidão e promover a percepção do legado dos idosos, que tanto contribuíram para a sociedade”.

Ele também destacou a importância de novas políticas públicas de cuidado e atenção aos idosos e a valorização deles. “Precisamos garantir saúde, seja no acesso aos serviços médicos ou nos tratamentos adequados, bem como na prevenção de doenças. Temos que falar ainda em políticas de assistência social e auxílio aos idosos, no fomento à prática de esportes e às atividades que promovam o bem-estar físico e mental dos mais velhos”.

O deputado Julio Cesar acredita que a contribuição dos idosos em favor do desenvolvimento do nosso país precisa ser valorizada. “Além disso, é necessário também chamar a atenção para o fortalecimento da promoção e ampliação das políticas públicas dedicadas aos idosos, e assim alcançarmos resultados efetivos que possam resultar na melhoria da qualidade de vida da pessoa da melhor idade”, afirmou.

Na avaliação do deputado Ossesio Silva, para garantir o bem-estar do idoso a família é fundamental. Portanto, o fortalecimento dos laços familiares é imprescindível. “O ambiente familiar representa segurança e proteção ao idoso, e contribui para que o cuidado seja mais eficiente. Além disso, o acompanhamento constante da família representa uma das principais maneiras de prevenir atos de violência contra o idoso, sejam eles de qualquer natureza”, observou.

A secretária Nacional da Família do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Angela Vidal, ressaltou a contribuição da maior idade para a sociedade. “Nós valorizamos a juventude, mas não valorizamos quem realmente poderia nos ensinar através da experiência e da maturidade. Espero que, cada vez mais, descubramos o valor da terceira idade, que tem muito para nos ensinar”. Angela defende que o cuidado aos idosos seja não por dever, mas por amor e gratidão “àqueles que nos deram a vida e contribuíram para o nosso futuro”.

Também subscreveram o requerimento da homenagem os deputados Denis Bezerra (PSB-CE) e Léo Moraes (PODE-RO). O evento teve, ainda, apresentação de ginástica para idosos que estavam presentes, chamada de Capoterapia, que tem mais de 50 mil idosos no país.

Saiba Mais

Atualmente, 29 milhões de brasileiros são idosos, ou seja, 14,3% da população. Estima-se que em 2030 o número de idosos supere o de crianças e adolescentes de zero a 14 anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), até 2050 a população mundial de idosos será três vezes maior do que a atual, chegando a 1,2 bilhão de pessoas.

 

Texto: Fernanda Cunha, com edição de Mônica Donato / Ascom – Liderança do Republicanos na Câmara
Foto: Douglas Gomes

Reportar Erro
Send this to a friend