Projeto “Quem Ama Cuida” transforma vidas no Pará

Projeto aprimora armazenamento de rações para animais

Relator do projeto, deputado Vavá Martins destaca que o armazenamento inadequado pode trazer sérios riscos a saúde do animal

Publicado em 24/10/2019 - 00:00

Brasília (DF) – O deputado federal Vavá Martins (Republicanos-PA) relatou o Projeto de Lei nº 3891/2019, que obriga as lojas de ração para animais a fixar, em local visível e de amplo acesso, orientações sobre os cuidados no armazenamento dos produtos.

De acordo com o parlamentar, o armazenamento inadequado da ração pode trazer sérios riscos a saúde do animal, fazendo com que ela perca sua qualidade nutricional ou se estrague. “Um ambiente sem controle de temperatura e umidade é favorável para a proliferação de fungos que contaminam a ração com toxinas perigosas e podem trazer doenças e levar a morte do animal”, disse Vavá.

Em rebanhos bovinos, por exemplo, segundo o republicano, o consumo de ração contaminada por micotoxinas pode provocar desde quadros de perda de apetite e até abortos, casos de retenção de placenta e infecções uterinas. Outro ponto abordado durante a relatoria foi a higiene do ambiente onde há comercialização de rações, para evitar a presença de ratos, cuja urina transmite a leptospirose. “Por isso a recomendação além de limpar o local diariamente, é necessário usar produtos específicos para evitar possíveis contaminação”, completou.

Texto: Natália Matos / Ascom – deputado federal Vavá Martins
Texto: Douglas Gomes

Reportar Erro