João Roma comenta ação da CDL Jovem que combate a arrecadação abusiva de impostos

“É uma maneira inteligente de chamar a atenção dos cidadãos sobre o peso da carga tributária que incide sobre as mercadorias que consumimos”, afirma republicano

Publicado em 28/05/2019 - 00:00

Brasília (DF) – A Câmara dos Dirigentes Lojistas Jovens (CDL Jovem) promoverá, na quinta-feira (30), mais uma edição do “Dia Livre de Impostos”. A iniciativa é uma mobilização de combate à tributação abusiva que limita o poder de consumo da população e compromete o avanço da economia do país.

Para conscientizar a população, a proposta da ação é de que os lojistas participantes comercializem seus produtos com descontos que correspondem às taxas de tributação, impactando estes consumidores e estimulando por um dia o seu poder de compra. De acordo com a CDL, o Brasil é um dos países que mais arrecada impostos e ocupa o último lugar no ranking de quem melhor retorna esse dinheiro para a população. Além disso, com o sistema tributário atual, o brasileiro trabalha em média 153 dias (5 meses) por ano só para pagar impostos.

Relator da Reforma Tributária na Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJ), o deputado federal João Roma (PRB-BA) elogiou a iniciativa. “É uma maneira inteligente de chamar a atenção dos cidadãos sobre o peso da carga tributária que incide sobre as mercadorias que consumimos. Com os impostos equivalentes a cinco meses de trabalho, podemos estimar que a arrecadação de impostos no Brasil corresponde a 40% de tudo o que é produzido pelo cidadão ao longo do ano e, um encargo desta proporção, chama atenção para a urgência de implementarmos uma reforma tributária para diminuir esse peso do estado sobre a população e reativar a nossa economia”, afirmou.

Texto: Ascom – deputado federal João Roma
Foto: Douglas Gomes

Reportar Erro
Send this to a friend