Aprovada MP que prorroga estímulo fiscal para setor automotivo

Silvio Costa Filho destaca os benefícios da medida para a região Nordeste

Publicado em 29/09/2020 - 20:58

Brasília (DF) – O republicano Silvio Costa Filho (PE) encaminhou o voto favorável durante a votação da Medida Provisória 987/20, nesta terça-feira (29), em sessão do Plenário da Câmara dos Deputados. A MP trata do prazo para empresas automotivas instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste apresentarem projetos de novos produtos e contarem com crédito presumido do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A data-limite foi adiada de junho para outubro, por sugestão do deputado federal Márcio Marinho (Republicanos-BA).

Silvio Costa Filho destacou o trabalho do deputado André de Paula (PE), relator da proposta. “Parabenizo o meu conterrâneo pelo relatório que dialoga com a necessidade do país, sobretudo, da nossa região. Hoje, em Pernambuco, o setor automotivo representa mais de 8% do PIB (Produto Interno Bruto) e isso tem crescido cada vez mais”. Na avaliação do republicano, o setor tem potencial de impulsionar o crescimento econômico e a geração de emprego e renda para toda a população.

O parlamentar ressalta, ainda, que a iniciativa pode estimular a economia dos estados brasileiros, principalmente aqueles onde o setor tem um papel importante. “Até 2030 temos a perspectiva de receber mais de 7,5 bilhões de reais de investimento para o Nordeste”, disse Silvio Costa Filho.

A MP segue para análise do Senado Federal.

Texto: Fernanda Cunha, com edição de Mônica Donato / Ascom – Liderança do Republicanos
Foto destaque: Comunicação Volkswagen do Brasil / Fotos Públicas
Foto 2: Douglas Gomes / Ascom – Republicanos na Câmara

 

Conheça o Espaço do Candidato Republicano

Na página exclusiva, você encontra modelos de materiais de propaganda, dúvidas frequentes, E-book do Candidato Republicano, orientações sobre a legislação eleitoral, dicas para campanha nas redes sociais e outros. Acesse agora e aproveite ao máximo tudo que preparamos para ajudar você durante a campanha.

Reportar Erro