Saúde: Campanha vai prevenir doenças na infância e adolescência no Piauí

Projeto proíbe condenado por violência doméstica de exercer cargo público no PI

Autor do projeto, deputado estadual Gessivaldo Isaías (PRB-PI), diz que o objetivo é fortalecer a luta contra a violência doméstica e familiar, crime que atinge milhares de mulheres no país

Publicado em 10/03/2019 - 00:00

Projeto proíbe condenado por violência doméstica de exercer cargo público no PI
Autor do projeto, deputado estadual Gessivaldo Isaías (PRB-PI), diz que o objetivo é fortalecer a luta contra a violência doméstica e familiar, crime que atinge milhares de mulheres no país

Teresina (PI) – Projeto do deputado estadual Gessivaldo Isaías (PRB-PI), apresentado na quinta-feira (7), na Assembleia Legislativa do Piauí, proíbe o exercício de cargo ou emprego público por pessoa condenada por violência doméstica ou familiar contra a mulher.

A proposta prevê, ainda, a proibição de prestação de serviços ou participação em licitações aos condenados por violência. Ao defender a proposta, Gessivaldo destaca que o objetivo é fortalecer a luta contra a violência doméstica e familiar, crime que atinge milhares de mulheres em todo o país.

“O que se busca com esta proposta, portanto, é tanto atuar no sentido pedagógico-cultural quanto atacar as bases da impunidade. De um lado, procura-se fazer com que o estado dê o bom exemplo à sociedade, impedindo que homens condenados por violência doméstica e familiar exerçam cargos cujas atividades têm impacto direto nas vidas de milhões de pessoas. Permitir que que um agressor condenado exerça função de enorme prestígio e responsabilidade equivale a dizer à sociedade que o crime compensa”, explica Gessivaldo na proposta.

Ainda de acordo com Gessivaldo, na iniciativa privada são notórios de empresas que desligam de seus quadros funcionais empregados envolvidos em violência contra a mulher. “Mesmo executivos e gestores renomados, com larga experiência, não estão sendo poupados de tais punições, uma vez que a sociedade clama por um basta à violência contra a mulher”, alerta Gessivaldo Isaías.

Texto: Agência PRB Nacional
Foto: Cedida

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro