Marinho defende uso do FGTS para doença grave

Atualmente a lei prevê uso do benefício apenas em caso de enfermidade letal

Publicado em 24/09/2013 - 00:00

24_09_13_atuacao02_marinho_defende_uso_fgts_para_doenca_grave
Segundo Marinho, o funcionário pode contrair vários tipos de doenças não letais, mas que podem evoluir e acarretar em morte se não devidamente tratadas

Brasília (DF) – O deputado federal Márcio Marinho (PRB-BA) é autor de um projeto de lei que defende o uso do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para pessoas com doença grave. No momento, esse benefício é concedido apenas em caso de doença letal, ou seja, que conduz à morte.

De acordo com o Projeto de Lei 5996/2013, que altera a Lei 8036/90, o funcionário ou seus dependentes passam a ter o poder de sacar o FGTS em caso da ocorrência de qualquer doença grave que os incapacite para o trabalho.

Segundo Marinho, o funcionário pode contrair vários tipos de doenças não letais, mas que podem evoluir e acarretar em morte se não devidamente tratadas. Para o deputado, o poder de evitar os avanços de enfermidades graves, hoje, perpassa o Legislativo. A saúde não é uma questão supérflua, mas um direito que a Constituição garante a todo cidadão.

No momento, o projeto está na Comissão de Seguridade Social e Família aguardando parecer do relator.

Fonte: Portal R7
Foto: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro