Investigação sobre suposto caso de tráfico de crianças

Cleber Verde pede à Câmara dos Deputados que apure denúncia apresentada em TV e afirma que caso não pode ficar impune

Publicado em 17/10/2012 - 00:00

Investigação sobre suposto caso de tráfico de crianças
Cleber Verde pede à Câmara dos Deputados que apure denúncia apresentada em TV e afirma que caso não pode ficar impune

Brasília (DF) – Em seu primeiro pronunciamento após seu retorno à Câmara, o deputado Cleber Verde (PRB-MA) chamou a atenção para a necessidade da Comissão de Direitos Humanos da Casa se manifestar a respeito de uma reportagem exibida no programa Fantástico, da TV Globo, no último final de semana. A matéria trazia a denúncia sobre uma família pobre, do interior da Bahia, que teve seus filhos retirados de casa e entregues para a adoção. 

O caso, segundo o parlamentar republicano, chama a atenção não só da Bahia, mas de todo Brasil. “Esta Casa certamente tem que se pronunciar. O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) já se manifestou e deve investigar o caso, porque se trata de uma decisão judicial, tomada por um juiz. A Polícia Federal também tem que se pronunciar sobre o caso, até porque os repórteres do Fantástico não conseguiram identificar para onde foram levadas as crianças e o nome das pessoas que as adotaram”, cobrou Cleber Verde.

O deputado lembrou que a adoção das cinco crianças não seguiu o devido processo legal, que prevê, entre outros procedimentos, um período de convivência entre as crianças e as novas famílias. “A determinação de estágio de convivência precisa ser feita nesses casos. Como advogado, sei que essa questão é praxe num processo de adoção. Portanto, não houve o devido processo legal quando não se respeitou o tal estágio”, destacou.

Cleber Verde também chamou a atenção para o fato de que os pais biológicos sequer foram ouvidos. Tudo foi feito em tempo recorde, de um dia para o outro, e sem que os pais pudessem se defender. Mas na vizinhança e na escolinha da cidade, todos garantem que as crianças eram bem tratadas pelos genitores. “Nós, que conhecemos a demora com que processos similares tramitam, no mínimo, achamos estranha tal tempestividade”, questionou.

O deputado concluiu pedindo que a Câmara, mediante a Comissão de Direitos Humanos, entre fundo nas investigações sobre tal caso. Até porque um juiz da comarca envolvida na matéria disse acreditar que exista uma quadrilha especializada no traficar crianças pobres no sertão da Bahia de forma planejada, profissional e habitual. “Assim, para evitar que as famílias brasileiras, famílias pobres do Brasil, da Bahia, do Maranhão, do Ceará, enfim, dos estados brasileiros, continuem passando por uma situação como essa, nós precisamos, como parlamentares, nos pronunciar. Eu entendo, como pai, como advogado, que não pode ficar essa situação sem uma solução. Para que possamos evitar que outras famílias possam ter o prejuízo que atingiu essa família do sertão da Bahia”, finalizou Cleber Verde.

Texto: Paulo Gusmão – Liderança do PRB
Foto: Leonardo Prado

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro