Cartão Balada: Séfora Mota faz blitz em casas noturnas

Projeto de vereadora republicana ganha simpatia de frequentadores

Publicado em 14/05/2013 - 00:00

Cartão Balada: Séfora Mota faz blitz em casas noturnas
Projeto de vereadora republicana ganha simpatia de frequentadores

Porto Alegre (RS) – Proibir a comanda como cobrança no fim das festas e garantir mais segurança para os frequentadores de casas noturnas. Esse é o objetivo do projeto da vereadora Séfora Mota (PRB) que tramita na Câmara de Vereadores da Capital e já passou pela análise no plenário.

O projeto “Cartão Balada” deve ser votado ainda esse mês e o apoio às mudanças já foi manifestado por outros vereadores que concordam que o sistema de hoje está ultrapassado. Buscando sempre incluir o debate democrático aos projetos e à política, a vereadora Séfora Mota esteve na noite desse sábado (11) e madrugada de domingo (12) percorrendo diversas casas noturnas na Cidade Baixa e conversando com os frequentadores, os mais interessados na segurança e facilidade na hora da diversão. “Estamos explicando e divulgando o projeto. E temos que fazer isso com os portoalegrenses que serão beneficiados com o projeto”, comentou Séfora.

O projeto determina três formas de pagamento. Em dinheiro ou cartão recebendo o produto na hora da compra, através de fichas para posterior troca pelo produto, ou através do “Cartão Balada” que consiste num cartão pré-pago em que o consumidor adquire créditos no início da noite e vai gastando. O valor que sobrar poderá ser utilizado em outra oportunidade ou ressarcido no fim da noite.

A ideia chamou a atenção dos jovens da Cidade Baixa e foi aprovada pela grande maioria. Para o músico Pedro Bigolin Neto, o projeto é muito bom e vai dar mais conforto para quem frequenta casas noturnas. “O projeto visa padronizar o consumo e quando o cliente vai embora não tem aquele impasse de pegar fila. Gostei!”, disse o jovem.  

Além de evitar filas, a proibição de cobrança no fim da festa vai evitar problemas com a perda da comanda e aumentar a segurança. Na tragédia de Santa Maria, testemunhas relataram que os seguranças da boate Kiss demoraram para abrir as portas com medo das pessoas saírem sem pagar. Isso pode ter sido a causa de dezenas de mortes. Com o “Cartão Balada” os clientes vão estar seguros de que as portas estarão sempre abertas e os proprietários terão a certeza que em caso de evacuação não terão prejuízos.

“Os bombeiros nos informaram que nas vistorias é comum eles encontrarem as portas de emergência fechadas durante a noite. Os proprietários só abrem em caso de emergência, mas segundos podem fazer a diferença quando estamos tratando com vidas. Vamos continuar divulgando e dialogando com a população. Estou muito feliz com a receptividade que tivemos hoje”, ressaltou a vereadora Séfora.

Texto: Tiago Dimer – Ascom ver. Séfora Mota

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro