Prova de vida do INSS 2021: quem precisa fazer para não perder o benefício

O procedimento voltou a ser obrigatório; veja como fazê-lo

Publicado em 01/06/2021 - 11:33

Brasília (DF) – A partir de 1º de junho, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terão que fazer a prova de vida anual para o benefício não ser cortado. Nos próximos parágrafos, vamos detalhar como fazer a prova de vida do INSS 2021.

Em todo o Brasil, segundo o instituto, 11 milhões de pessoas também seguem pendentes de comprovação de vida junto ao INSS. De acordo com o órgão, 10,5 milhões de segurados já fizeram o recadastramento neste ano. Ao longo de 2020, foram outros 13,4 milhões. Resta agora um terço dos beneficiários.

Aposentados e pensionistas que deixaram de fazer a comprovação de vida antes de março de 2020 estão na mira do instituto. Eles serão os primeiros a ter o benefício bloqueado se não regularizarem o cadastro. Os segurados que foram chamados para fazer a comprovação digital por reconhecimento facial (biometria) e não compareceram também terão o pagamento suspenso.

Caso o segurado tenha sido convocado para utilizar a biometria facial e ainda não fez o recadastramento, basta acessar o aplicativo Meu INSS.

Em todo o país, foram chamados para prova de vida digital 5,3 milhões de segurados. Quem tiver feito este procedimento virtual recentemente não terá o pagamento cortado.

Quando fazer a prova de vida do INSS 2021 

O novo cronograma terá como critério o mês de aniversário da pessoa segurada. Veja a sua data:

– Aniversário em março e abril/2020 – Nova prova de vida em junho/2021;
– Maio e junho/2020 – Nova prova de vida em julho/2021;
– Julho e agosto/2020 – Nova prova de vida em agosto/2021;
– Setembro e outubro/2020 – Nova prova de vida em setembro/2021;
– Novembro e dezembro/2020 – Nova prova de vida em outubro/2021;
– Janeiro e fevereiro/2021 – Nova prova de vida em novembro/2021;
– Março e abril/2021 – Nova prova de vida: dezembro/2021.

Onde fazer

Há duas formas: via aplicativo ou em uma agência bancária da instituição na qual o benefício é debitado.

Quem precisa fazer a prova de vida do INSS 2021 

Todos que recebem benefícios por conta corrente, poupança ou cartão magnético e que não realizam o procedimento há mais de um ano.

Por exemplo: quem fez prova de vida em abril de 2019 e deveria fazer em abril de 2020 e não fez, deverá fazer até junho de 2021, conforme o cronograma.

Como fazer a prova de vida pelo celular

O procedimento utiliza a tecnologia de reconhecimento facial para identificar o beneficiário. Veja, abaixo, o passo a passo:

– Faça o download do aplicativo Meu INSS e, em seguida, o login;
– Uma mensagem avisando que chegou a hora de realizar a prova de vida deve aparecer, com um botão nomeado “Instale o Meu gov.br”;
– Clique em “Autorizações”, selecione a pendência e clique em “Autorizar”;
– Para tirar a foto, o aplicativo pedirá para utilizar a câmera do celular para tirar fotos e fazer vídeos. Escolha “Permitir”;
– O sistema também solicitará uma informação do documento que está no cadastro do governo, como a data de emissão da CNH digital. Informe;
– Em seguida, posicione o rosto no centro do círculo na tela do celular. O sistema solicitará que o usuário faça alguns movimentos;
– Uma barra azul indicará quantos segundos faltam para a conclusão dos movimentos e, em seguida, a prova de vida será concluída.

Por Agência Republicana de Comunicação – ARCO, com informações do INSS
Foto: Arquivo/INSS

Reportar Erro
Send this to a friend