Wilson Costa colhe frutos do primeiro ano de mandato em Borá (SP)

Republicano administra com maestria o menor município do estado de São Paulo

Publicado em 01/01/2018 - 00:00

Prefeito de primeiro mandato, o entrevistado desta semana é o republicano Wilson Ferreira Costa, do município de Borá, a cidade menos populosa do estado de São Paulo, com pouco mais de 1,2 mil habitantes e a segunda menor do país em população. Pecuarista, Wilson foi vereador por dois mandatos (2004 a 2012) e foi eleito em 2016 para administrar o município. Sua atuação tem sido em prol do desenvolvimento local.

Com uma gestão austera e voltada a áreas prioritárias como saúde e educação, Wilson tem garantido melhorias para a pacata cidade paulista, que tem como fonte de renda a produção de cana de açúcar e a agropecuária. Embora tenha enfrentado desafios para colocar o município em ordem, o prefeito conta que tem mantido a folha de pagamento em dia, garantido o aumento para os servidores e economizado recursos para serem investidos em outras áreas importantes para a população.

À Agência PRB Nacional o prefeito contou como tem administrado a cidade e o que pretende fazer para continuar contribuindo com o progresso da pequena Borá.

ENTREVISTA

Agência PRB Nacional – Quais foram os desafios enfrentados no início da gestão e qual balanço é possível fazer desse primeiro ano de mandato?
Wilson Costa – Por ser o primeiro ano, a falta de experiência por si só já é um desafio. Diante disso, fomos muito cautelosos. Assumimos em um ano difícil, com poucos recursos. Mas, conseguimos colocar a casa em ordem e as contas em dia. Pegamos uma Prefeitura não totalmente endividada, mas sem nenhum dinheiro em caixa. A cidade é bastante pequena, mas tem suas demandas. Podemos dizer que nesse primeiro ano, conseguimos dar a volta por cima, fazer o básico e estamos encerrando com um saldo positivo.

 

Agência PRB Nacional – O que tem sido possível realizar para a saúde e a educação de Borá?
Wilson Costa – São duas áreas que o povo de Borá sabe que funcionam hoje muito bem. O grande problema da saúde está na demanda de recursos para o município, pois o governo transferiu toda a responsabilidade para as prefeituras. Se um paciente precisa de um medicamento que a rede pública não tem para oferecer, a Promotoria obriga o Executivo a comprar. Ou seja, toda a demanda está sobre nós. Hoje, 28% dos nossos recursos são aplicados na área. Outros 28% na educação. Mas são dois setores que estão funcionando muito bem. A população é bem atendida, há medicamentos, temos médicos bons, ótimos profissionais em nossa Unidade Básica de Saúde. Assim como na educação, que tem sido de qualidade.

 

Agência PRB Nacional – Quais os planos para essas áreas?
Wilson Costa – Isso será possível em 2018. Nesse ano que se encerra, trabalhamos com um orçamento da gestão passada. Para 2018, já estamos com algumas emendas para a aquisição de ambulância e equipamentos de saúde. Teremos melhorias e um atendimento de ainda mais qualidade. Na educação, melhoramos o transporte para a zona rural e agora estamos trabalhando para conseguirmos duas vans ou micro-ônibus novos para renovar a nossa frota, pois gastamos muito com os veículos antigos. Então, no novo ano queremos modernizar o transporte para aliar isso ao que já temos que é o ensino qualificado, material escolar e merenda de qualidade. 

 

Agência PRB Nacional – Quais os planos para a infraestrutura do município?
Wilson Costa – Nossa cidade é bastante pequena e isso tem suas vantagens. Já temos o tratamento de 100% do nosso esgoto, por exemplo. Mas, sempre existem demandas. Um projeto para o novo ano é o recapeamento asfáltico. Há ruas que precisam de asfalto novo e vamos trabalhar nesse sentido. Além disso, alguns prédios públicos precisam passar por reformas. Então, são obras que pretendemos realizar o quanto antes.

 

Agência PRB Nacional – Quais são os investimentos na área rural?
Wilson Costa – Nossas estradas rurais são boas. Existe uma usina de cana de açúcar há 13 km da sede do município, e temos uma parceria entre a Prefeitura e a usina para mantê-la conservada. Um grande desafio que temos é com a obra de uma estrada vicinal, que rompeu em 2016.  Estamos lutando em Brasília e São Paulo para conseguirmos recursos para recuperar essa via. Hoje, para o tráfego continuar, há um desvio de 1,5 mil metros. Estamos aguardando a liberação de recursos para contratar a empresa, pois é uma obra que custará cerca de R$ 1 milhão. No início de 2017, tivemos outro rompimento em uma pista, mas logo conseguimos, em 90 dias, recuperar o local.

 

Agência PRB Nacional – Qual a principal atividade econômica do município e como tem buscado incrementar a economia?
Wilson Costa – O que gera mais economia é a usina de cana de açúcar, mas também a agropecuária que tem uma boa parcela, mas na verdade a cana de açúcar é que tem maior domínio econômico. Precisamos gerar emprego, mas sabemos que as empresas grandes não vêm, por isso temos que investir nas microempresas. Já fizemos contatos com uma salineira aqui da região para se instalar no município e estamos ocorrendo atrás de algumas empresas. Estamos tentando conseguir uma área para criar um distrito industrial, que ainda não temos.

 

Agência PRB Nacional – Diante das dificuldades financeiras, foi preciso fazer algum corte para equilibrar as contas da prefeitura?
Wilson Costa – Fizemos a redução de alguns cargos de confiança e conseguimos trabalhar sem ter que fazer contratações de pessoal. Fizemos cortes de despesas que não eram necessárias. Reduzimos o consumo de combustível com transporte e conseguimos enxugar o orçamento. Quando assumimos, tínhamos de juros de INSS dos funcionários cerca de R$ 106 mil, três meses atrasados. Conseguimos acertar estes débitos até o mês de março. Em abril, conseguimos que nossos funcionários, que tiveram o último reajuste salarial em 2015, tivessem um reajuste de 10% onde estes ficaram muito contentes e fomos tocando. Já pagamos férias, 13º terceiro, acertamos com os professores que eram do seletivo e estamos fechando o ano com um saldo muito bom.  Tivemos durante o ano a economia de cerca de R$ 300 mil. Só de combustível, foi possível economizar R$ 165 mil. E isso não impediu nosso trabalho com carro. Trata-se de controle e uso responsável.

 

Agência PRB Nacional – Já foi possível conseguir recursos por meio de emendas parlamentares para o município?
Wilson Costa – Temos corrido atrás. Para 2018, temos a expectativa de conseguirmos. O deputado federal Vinicius Carvalho (PRB-SP) é um grande parceiro que temos e que, inclusive, já esteve aqui na cidade. O deputado estadual Sebastião Santos (PRB-SP) tem nos recebido lá na Assembleia Legislativa e já nos sinalizou positivamente. Em nosso partido, esses dois parlamentares estão sempre próximos a nós e empenhados em nos ajudar.

 

Agência PRB Nacional – Como tem sido o trabalho na área social?
Wilson Costa – É uma área importante, na qual temos uma coordenadora social, que é psicóloga, além de assistente social que atende às famílias carentes. Conseguimos uma verba de R$ 100 mil para instalar o CRAS. Estamos reformando o prédio e até março acredito que a unidade estará funcionando. Reformamos também um prédio para a assistência social, onde famílias são acolhidas por meio de cadastros. Há um trabalho de visita às residências e ainda um trabalho excelente com um grupo da terceira idade com atividades físicas. Estamos terminando o centro do idoso, que havia sido iniciado pela gestão passada, e licitando equipamentos para o local.

 

Agência PRB Nacional – No esporte e na cultura, o que está sendo possível fazer para contemplar a população, sobretudo os mais jovens?
Wilson Costa – Temos futebol de campo, futebol de salão feminino e masculino com as crianças. Temos uma voluntária muito dedicada e que gosta de trabalhar com as crianças. Nossos jovens e adolescentes têm sido incentivados e estão todos os dias na quadra. Temos o campo no final de semana. É importante pois tira as crianças da rua e leva para o esporte. Temos ainda um professor de judô e um professor de aula circense. É um trabalho para quando as crianças saírem da escola terem uma ocupação saudável e disciplinadora.

 

Agência PRB Nacional – Que mensagem o senhor deixa para os cidadãos de Borá?
Wilson Costa – Ter Deus no coração, acima de qualquer religião, é algo que faz a diferença. Nós, hoje, precisamos de muita paz e sabedoria. Vivemos em um país muito bom e rico. O que estamos precisando é de políticos mais honestos para que tenhamos um país melhor. Este será um ano de eleições e espero que a população dê um voto de alerta, seja sábia e vote bem. Para toda a população de Borá e região, desejo um feliz ano novo e um ótimo 2018. Que Deus nos dê sabedoria para vencermos todas as dificuldades que tenhamos a enfrentar.

Texto: Agência PRB Nacional
Fotos: Cedidas

 

Reportar Erro