Macapá é palco de ações em alusão aos 13 anos da Lei Maria da Penha

Vereadora Patriciana Guimarães (PRB) participou do “Dia Delas: Empoderamento, União e Justiça” e também da palestra “Combate aos Crimes Virtuais Contra a Mulher”

Publicado em 09/08/2019 - 00:00

Macapá (AP) – A Lei Maria da Penha completou 13 anos de criação na quarta-feira (7). E pensando nesta data, Macapá foi palco de várias palestras, encontros e ações, como o “Dia Delas: Empoderamento, União e Justiça”, que contou com a participação da vereadora Patriciana Guimarães (PRB).

Momento importante para as mulheres da capital, o evento foi realizado pela vereadora Adriana Ramos, no auditório do Ministério Público do Amapá e contou com a participação das promotoras de Justiça, Ivana Cei e Alessandra Moro, além de deputadas estaduais.

“Que lindo dia para nós mulheres nos unirmos. Momento de reflexão para que cada uma repense seu modo de viver e sentir. Momento para que as mulheres vítimas de violência doméstica possam reagir diante da situação em que vive. Parabéns aos organizadores deste evento”, disse a republicana.

Patriciana também participou da palestra “Combate aos Crimes Virtuais Contra a Mulher”, evento realizado no Auditório da OAB/AP. Na oportunidade, ela destacou que por diversas vezes já foi vítima deste tipo de crime. “Quando tomei conhecimento sobre os ataques imediatamente tomei as providências, não podemos aceitar ofensas via internet ou mesmo presencial. Temos que dar um basta nessa situação. Também quero aqui deixar outro recado às mulheres deste evento: mulheres, se unem mais, se amem mais, não vamos disputar quem é a melhor, vamos agregar valores e conhecimentos”, desabou Patriciana Guimarães.

Texto e foto:  Ascom – vereadora Patriciana Guimarães

Reportar Erro