Tânia Bastos participa de encontro com mães atípicas

O encontro abordou temas voltados para a saúde mental materna

Publicado em 13/09/2022 - 11:38

Rio de Janeiro (RJ) – A vereadora da cidade do Rio de Janeiro Tânia Bastos (Republicanos-RJ) participou, na última segunda-feira (12), da terceira edição da “A Roda de Conversa”. O encontro promovido pela ONG Maio Furta-Cor abordou temas voltados para a saúde mental materna das mães que possuem filhos com deficiência ou algum tipo raro de síndrome.

A conversa foi realizada no auditório da Câmara Municipal da capital fluminense e trouxe a discussão o tema: “Maternidade atípica, quem cuida dela?”. Para a vereadora, além da sobrecarga natural da maternidade, as mães de crianças com alguma deficiência ainda precisam se preocupar com os cuidados especiais. O resultado, muitas vezes, é o isolamento e a frustração. “Todos nós podemos ajudar, sendo gentis, oferecendo uma escuta atenta e sem julgamentos”, destacou a vereadora Tânia Bastos.

Segundo dados do Instituto Baresi de um levantamento feito em 2012, 78% dos pais abandonaram os filhos que possuíam algum tipo de deficiência ou doença rara, antes da criança completar 5 anos de idade. “Mesmo todos acreditando que a mulher já tenha nascido com um instinto materno natural, filho não nasce com manual, e se a rotina de uma mãe típica na maioria das vezes já é exaustiva, a de uma mãe que cuida de um filho com deficiência pode ser ainda mais difícil”, disse a psicopedagoga, especialista em neurociências aplicada à aprendizagem pela UFRJ e coordenadora do Grupo Escolhas, Glauciê Gleyds.

Texto: Ascom vereadora Tânia Bastos / edição: Ascom Mulheres Republicanas Nacional
Foto: cedida

Reportar Erro
Send this to a friend