Mulheres Republicanas debatem prevenção ao câncer de mama em Hortolândia

Mulheres Republicanas debate prevenção ao câncer de mama em Hortolândia

Evento alusivo ao Outubro Rosa teve como objetivo levar conscientizar às mulheres sobre a importância da prevenção ao câncer de mama

Publicado em 16/10/2019 - 00:00

Hortolândia (SP) – A Câmara Municipal de Hortolândia, por meio do Mulheres Republicanas, promoveu no sábado (12), encontro para debater sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

O evento contou com a presença do deputado federal Roberto Alves (Republicanos-SP), da secretária regional do Mulheres Republicanas Campinas, Vandecleya Moro, e da cidade de Sumaré, Viviane, além do secretário regional do Republicanos Campinas, Saulo Rodrigues e do enfermeiro da Unicamp, Rafael Silvério, que ministrou palestra sobre prevenção do câncer e esclareceu dúvidas das participantes.

O encontro contou, ainda, com a presença do vereador de Hortolândia, Thiago Mascarenhas, entre outras lideranças locais e interessados no assunto.

Na oportunidade, a secretária Vandecleya Moro falou das ações do projeto “Você escreve sua história”, que reúne informações com orientações sobre prevenções ao câncer de mama. “Na luta contra o câncer a principal arma somos nós reunidas e compartilhando forças. Convidamos todas as mulheres a se unir nesta causa”, disse Vandecleya.

Há dez anos, o movimento republicano desenvolve ações em alusão ao movimento “Outubro Rosa”, criando nos Estados Unidos na década de 90.

Sensível à causa das mulheres, Roberto Alves destacou a importância da luta em favor da prevenção da doença. “Agradeço ao Mulheres Republicanas pelo convite, especialmente à secretária regional Dra. Vandercleya Moro, à secretária de Hortolândia, Mara Ester, e de Sumaré, Viviane Silva. Obrigado às lideranças do Republicanos, especialmente ao coordenador regional Saulo Rodrigues e ao presidente municipal, Thiago Mascarenhas. Muito obrigado ao público de Hortolândia e região presente ao encontro, que tirou um tempo do seu dia para participar do nosso debate. Estamos juntos por mais saúde às mulheres do nosso país”, disse Alves.

Câncer de mama

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é o tipo de neoplasia mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. Este ano, a estimativa é de o número de casos atinjam 59,7 mil mulheres. Existem vários tipos de câncer de mama, porém, alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico. O câncer de mama também pode acometer homens, mas é raro e representa apenas 1% do total de casos da doença.

Incidência
O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma. Acima dos 35 anos, sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, mas a maioria dos casos tem bom prognóstico.

Entre os homens a incidência de câncer de mama é rara, representando menos de 1% do total de casos.

O câncer do colo do útero é causado pela infecção persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano (HPV). Apesar da infecção genital pelo HPV não causar doença na maioria das vezes, em alguns casos há alterações celulares que podem evoluir para o câncer.

Texto: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)
Fotos: Ascom – Mulheres Republicanas Hortolândia

Reportar Erro