Cristiane Britto destaca ações do governo na proteção as pessoas

Temas foram discutidos durante reunião sobre direitos humanos do Mercosul

Publicado em 14/11/2022 - 10:30

Brasília (DF) – A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Cristiane Britto (Republicanos), participou na última quinta (10), de uma sessão virtual da 40ª Reunião de Altas Autoridades sobre direitos humanos do Mercosul (RAADH). O grupo, é composto por representantes da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai e convidados dos estados associados.

Em sua participação, Cristiane Britto destacou ações realizadas pelo governo federal, como o Plano Nacional de Enfrentamento ao feminicídio, as operações Maria da Penha, de combate a violência contra à mulher; e Vetus, contra a violência a pessoas idosas, além de medidas tomadas no combate a Covid-19 durante a pandemia. “Desde os últimos quatro anos, obtivemos significativas conquistas em distintas áreas voltadas à proteção dos direitos humanos, mesmo com o grande desafio representado pela pandemia e a necessidade de recuperação social e econômica de nossa sociedade”, reforçou a gestora.

Cristiane Britto também chamou a atenção para o compromisso brasileiro no combate ao racismo, lembrando da ratificação da Convenção Interamericana contra o racismo, a discriminação racial e formas de intolerância, com status de norma constitucional.

Outro ponto discutido foi a Operação Acolhida, criada em 2018 para receber refugiados venezuelanos procurando melhores condições de vida no Brasil. “O Brasil abriga, atualmente, mais de 345 mil venezuelanos, entre imigrantes, refugiados e solicitantes de refúgio”, lembrou a ministra.

Atualmente, o Brasil concede visto de acolhida humanitária para cidadãos da Ucrânia, Haiti, apátridas atingidos pelos conflitos na Síria e do Afeganistão.

Texto e foto: Ascom Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

Reportar Erro
Send this to a friend