Dia do Idoso: seminário virtual debate envelhecimento produtivo

Evento foi promovido pelo movimento Idosos Republicanos e teve mais de mil inscritos

Publicado em 02/10/2020 - 14:42

Brasília (DF) – Em alusão ao Dia Internacional do Idoso e aos 17 anos do Estatuto do Idoso, o movimento Idosos Republicanos, em parceria com a Fundação Republicana Brasileira (FRB), promoveu, na quinta-feira (1º), o I Seminário on-line com o tema “O Processo de Envelhecer Sem o Estigma da Inutilidade – Idosos Conscientes, Participativos e Produtivos”. O encontro virtual conectou centenas de pessoas de todo o país, dentre elas lideranças republicanas idosas, especialistas e pessoas interessadas na temática. O debate foi mediado pelo jornalista Maurizan Cruz, da Agência Republicana de Comunicação (ARCO).

Na abertura do evento, o secretário nacional do Idosos Republicanos e deputado federal, Ossesio Silva, agradeceu a todos pela presença e ressaltou a importância de fomentar políticas públicas para a categoria. “A proposta de debater um tema tão relevante surgiu diante da constatação de que o envelhecimento está constantemente associado a aspectos negativos, fazendo com que os idosos sejam vistos como seres inúteis e descartáveis, como um fardo a se carregar. A expectativa do seminário é mobilizar o público na construção de políticas públicas que promovam o envelhecimento ativo, visando eliminar preconceitos e produzindo conhecimentos diferenciados e transformadores sobre o assunto”, lembrou o secretário.

O presidente nacional do Republicanos, vice-presidente da Câmara e deputado federal, Marcos Pereira (SP), fez questão de prestigiar o evento. “Sabemos das dificuldades que os idosos enfrentam diante da falta de oportunidades e de políticas públicas para o envelhecimento ativo. No que depender do Republicanos vamos nos empenhar ao máximo para discutir os temas da velhice para que os idosos desfrutem de uma velhice com dignidade e de forma ativa”, ressaltou.

De acordo com o secretário nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MFDH), Dr. António Costa, o Estatuto do Idoso deve ser divulgado para que as pessoas saibam dos direitos da pessoa idosa. “O Estatuto do Idoso precisa ser disseminado na sociedade. Além disso, pessoas que praticam violência contra o idoso não devem ficar impunes. Seminários como esse são pontos de alavanca para que políticas públicas aconteçam nos estados e nos municípios”, finalizou.

Na mesma linha de raciocínio, a delegada e diretora da Divisão de Proteção ao Idoso e Combate aos Crimes da PCRS, Cristiane Ramos, sugeriu que a legislação do idoso fosse modificada. “É preciso ter uma alteração na legislação do idoso, pois ao sofrer violência, ele não conta com medidas protetivas de urgência, nos moldes da Lei Maria da Penha”, lembrou.

Discriminação etária

Já a juíza e coordenadora da Central Judicial do Idoso, Monize Marques, falou sobre a discriminação etária, e explanou que a disfunção social é uma das discriminações mais violentas que o ser humano pode vir a ser submetido. “O ageismo (discriminação por idade) é uma disfunção social onde uma pessoa se sente menosprezada pelo fato de que seus anos se passaram, deixando o idoso mais vulnerável ao crime, pois ele se isola e o ambiente preconceituoso é a porta para que demais crimes sejam praticados.”, disse.

Sobre a saúde da pessoa idosa, a médica geriatra, professora da Universidade Católica de Brasília (UCB) e mestre em Gerontologia, Aline Laginestra, deu dicas de como envelhecer com saúde adotando alguns hábitos. “Ter uma alimentação adequada, não ter vícios, praticar exercícios físicos, aceitar as transformações do seu corpo, ter alta aceitação, bem-estar e o psíquico social”, explicou.

O presidente da Fundação Republicana Brasileira (FRB), Renato Junqueira, destacou a alegria da FRB em participar como parceira do primeiro evento do movimento em âmbito nacional. “Esse debate chegará a todos os municípios e quem sai ganhando realmente são os idosos, pois as políticas discutidas poderão impactá-los direta e efetivamente”.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, não pode participar presencialmente do evento, mas fez questão de gravar uma mensagem aos participantes.

Assista ao vídeo do seminário 

Por Eulla Carvalho – Ascom Idosos Republicanos
Com colaboração de Socorro Araújo – Ascom Idosos Republicanos 

 

Conheça o Espaço do Candidato Republicano

Na página exclusiva, você encontra modelos de materiais de propaganda, dúvidas frequentes, E-book do Candidato Republicano, orientações sobre a legislação eleitoral, dicas para campanha nas redes sociais e outros. Acesse agora e aproveite ao máximo tudo que preparamos para ajudar você durante a campanha.

Reportar Erro