Aprovado projeto que garante auxilio fardamento a servidores penitenciários

Aprovado projeto que garante auxílio fardamento a servidores penitenciários

Proposta do deputado estadual Jory Oeiras (PRB-AP) concede auxílio no valor de R$ 1,2 mil, a ser pago, anualmente, no mês de aniversário do servidor

Publicado em 29/03/2018 - 00:00

Aprovado projeto que garante auxilio fardamento a servidores penitenciários
Proposta do deputado estadual Jory Oeiras (PRB-AP) concede auxílio no valor de R$ 1,2 mil, a ser pago, anualmente, no mês de aniversário do servidor

Macapá (AP) – A Comissão de Constituição, Justiça, Redação e Cidadania da Assembleia Legislativa do Amapá aprovou, na segunda-feira (26), projeto de lei do deputado estadual Jory Oeiras (PRB-AP) que garante auxílio fardamento aos agentes penitenciários do estado.

De acordo com a proposta, o valor do auxílio fardamento será de R$ 1,2 mil, a ser pago, anualmente, no mês de aniversário do servidor em exercício de suas atribuições no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

O benefício é uma das causas defendidas pelo deputado deste que assumiu o mandato. “Desde que assumi o mandato, vinha solicitando o auxílio fardamento ao governador Waldez Góes, que, no dia 15 deste mês, enviou o projeto tratando do assunto para apreciação na Assembleia Legislativa”, destacou Jory.

Jory Oeiras, que é agente penitenciário, agradeceu a decisão do governador e a aprovação do projeto, que segue para apreciação em plenário e, depois, sanção do governador. Os membros da comissão reconheceram e elogiaram a luta do deputado em favor dos servidores penitenciários.

Texto: Agência PRB Nacional
Foto: Ascom – deputado estadual Jory Oeiras

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro