Macapá (AP): eleitores vão às urnas no domingo (6) para o primeiro turno

Republicanos conta com 13 candidatos à corrida eleitoral para a Câmara Municipal. Horário de votação será das 7h às 17h

Publicado em 02/12/2020 - 09:30

Brasília (DF) – No próximo domingo (6), 292.718 eleitores aptos a votar irão às urnas em Macapá, no Amapá, para escolher o prefeito, vice-prefeito e 23 vereadores que comporão a Câmara Municipal pelos próximos quatro anos. Caso haja necessidade de segundo turno, o pleito ocorrerá em 20 de dezembro.

As eleições na capital amapaense foram adiadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a pedido do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, em virtude de uma crise de energia causada por um incêndio na subestação de energia de Macapá no dia 3 de novembro.

Segurança sanitária

Os cuidados no dia da votação serão os mesmos adotados nos dias 15 e 29 de novembro, quando foram realizados o primeiro e segundo turnos das eleições municipais em todo o país. O horário de votação será das 7h às 17h. As três primeiras horas, ou seja, das 7h às 10h, serão preferenciais, mas não exclusivas, para eleitores acima de 60 anos. O uso de máscara é obrigatório. Além disso, será disponibilizado álcool em gel para que os eleitores possam higienizar as mãos. Também é recomendado que os eleitores levem sua própria caneta para assinatura no caderno de votação e evitem levar acompanhantes. As medidas visam evitar a contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19).

Documentos para votar

Para quem não tem a biometria, será necessário levar um documento oficial com foto. A orientação da Justiça Eleitoral é de que o eleitor utilize o aplicativo e-Título, que está disponível nas plataformas iOS e Android. Mas caso não consiga, poderá levar algum documento com foto que o identifique: carteira de categoria profissional reconhecida por lei, carteira de identidade, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), carteira de trabalho ou passaporte. Nessa situação, se o mesário não conseguir identificá-lo por meio do documento apresentado, pode ser necessário que o eleitor tenha que abaixar a máscara para facilitar a verificação.

O que pode e o que não pode no dia da eleição

É permitido ao eleitor se manifestar individual e silenciosamente dentro da seção, podem ser utilizados bandeiras, broches, adesivos ou camisetas. O eleitor pode ainda levar uma cola com os números dos seus candidatos.

Aos candidatos é permitido manter a propaganda que tenha sido divulgada na internet antes do dia da eleição. Os fiscais dos partidos podem utilizar crachá com nome e sigla, sendo proibida a padronização do vestuário.

De acordo com a legislação, é proibido no dia da votação qualquer propaganda ou divulgação de partidos políticos ou de candidatos.

Além disso, condutas como compra de votos e boca de urna são enquadradas como crimes eleitorais. Quem descumprir as regras pode ter que pagar multa e até ser preso.

Candidatos do Republicanos

O Republicanos conta com 13 candidatos na corrida eleitoral para a Câmara Municipal de Macapá. Confira, abaixo:

Professora Margareth Guerra – 10180
Vagner Lins – 10124
João do Ponto do Corte – 10138
Marcus Oliveira – 10147
Eliana Ramos – 10789
Carlão Taxista – 10369
Junior Andrade – 10666
Cyntia Rotter – 10222
Josi Magno – 10333
Rogerio Lima – 10800
Diego do Park – 10000
Jonisson Gelimpo – 10123
Leila Viana – 10777

Por Agência Republicana de Comunicação (ARCO), com informações do TSE
Foto: Divulgação Facebook TRE Amapá

Legenda: Cerimônia de Geração de Mídias

 

Reportar Erro
Send this to a friend