Mecias de Jesus é eleito presidente da Comissão Senado do Futuro

“Queremos trazer para a Comissão grandes temas e discutir sobre o futuro do país”, disse o senador republicano

Publicado em 26/02/2019 - 00:00

Brasília (DF) – A Comissão Senado do Futuro (CSF) elegeu nesta terça-feira (26), por unanimidade, o senador Mecias de Jesus (PRB-RR) como presidente e o senador Zequinha Marinho vice-presidente do colegiado.

Composta por 11 titulares e 11 suplentes, a CSF tem por objetivo promover discussões sobre grandes temas e o futuro do país, bem como aprimorar a atuação do Senado nessas questões, de acordo com o Regimento Interno da Casa.

Na reunião, que também marcou a instalação dos trabalhos da CSF, ficou decidido que os próximos encontros serão realizados todas as quintas-feiras, às 11h. Ao manifestar a honra de presidir a Comissão, Mecias de Jesus apontou os desafios que deverá enfrentar. “Depois de seis mandatos como deputado estadual, chego a esta Casa com o objetivo de lutar por meu estado e sobretudo ajudar o país a sair da atual crise que se encontra. Queremos trazer para a Comissão grandes temas e discutir sobre o futuro do país”, disse.

O republicano destacou ainda a importância de ouvir as demandas da população para o desenvolvimento dos trabalhos. “A principal pauta da comissão é pensar no futuro, nós vamos ouvir pessoas da sociedade, vamos ouvir meios que possam trazer propostas para o Senado Federal. Nossa Comissão vai ouvir a sociedade, e transformar isso em proposições para que o Senado venha a ter o seu papel de destaque no cenário nacional”, pontuou o senador do PRB.

Entre as ações da Comissão, está a promoção de audiências públicas, em que serão debatidos temas relevantes para o Parlamento e para a sociedade. “Precisamos agir logo e vamos contar com a ajuda de todos para apresentar propostas e soluções que podem contribuir com o futuro do país”, destacou Mecias.

O novo presidente elogiou ainda os senadores escolhidos para compor a CSF. “Tenho certeza que cada senador da Comissão trará assuntos que podem influenciar as próximas gerações”, enfatizou.

Texto: Júnior Laurindo / Ascom – Senador Mecias de Jesus
Foto: Agência Senado

Reportar Erro