Proposta proíbe restrições a animais de estimação em condomínios

Vavá Martins debate a importância de instalar ecobarreiras no Brasil

O deputado do Republicanos é autor do projeto de lei que propõe a instalação de Sistema de Ecobarreiras nas redes hidrográficas do país

Publicado em 05/10/2019 - 00:00

Brasília (DF) – O deputado federal Vavá Martins (Republicanos-PA), presidiu, na quinta-feira (3), uma audiência pública na comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da câmara dos deputados em Brasília, para discutir a importância da instalação de ecobarreiras.

Na ocasião, estiveram presente Diego Saldanha, que é ativista ambiental e instalou a ecobarreira no Rio Atuba, retirando mais de duas toneladas de resíduos do local. Dr Flávio Hadler Superintendente adjunto de planejamento de recursos hídricos da Agência Nacional de águas (ANA), Luiz Carlos Zancanella, Diretor de TI e produtos na Safeweb segurança da informação, Gino Roberto Gehling, professor de resíduos sólidos e sistema de água e esgoto do IPH da UFRGS e Asensio Rodriguez, Diretor executivo do Greenpeace Brasil.

Foram discutidas formas de implementação de ecobarreiras, tratamento de água como uma questão prioritária e de saúde pública, entraves que dificultam a instalação desses protótipos e também a prevenção do descarte irregular como meio de sanar os problemas relacionados à poluição de rios e mares.

Todos os anos mais de 8 milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos e estima-se que haja mais de 150 mil milhões de toneladas desse material poluindo as águas, afinal o Brasil é 4º maior produtor de lixo plástico do mundo, um dos principais materiais encontrados por Diego ao instalar a ecobarreira.

“Não consigo entender o que uma pessoa que joga um fogão no Rio, uma bateria de carro, um micro-ondas e pensa que não terá consequências, quando passei a recolher os resíduos e fazer a destinação correta, também passei a empreender, pois tudo que é recolhido vendo para destinar a uma escola pública, ou seja, lixo não deveria ser um problema, mas deve ser visto como solução”, disse Saldanha.

Para Vavá Martins, que já realizou a instalação de ecobarreira no Rio Paricatuba no município de Benevides no Pará, é fundamental agregar sustentabilidade à geração de emprego e renda e reforça a importância do projeto de lei de sua autoria PL 2.293/2019.

“O trabalho precisa de uma matriz e isso só vem com um trabalho árduo de conscientização, como já tenho realizado no Pará, unindo cooperativas à população, a instalação de ecobarreiras é muito necessária para conter os resíduos que poluem rios e mares, mas gostaria de reforçar que o Diego Saldanha é uma fonte de inspiração para todos nós pelo brilhante trabalho que realiza”, disse o republicano.

Na região norte do país, 180 municípios não têm atividade de coleta seletiva, 40% de um total de 450 cidades, um número que gera preocupação.

Texto: Natália Matos/Ascom – deputado federal Vavá Martins
Foto: Douglas Gomes

Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro