Por sugestão de Luizão, CCJ debaterá Previdência com Paulo Guedes

Durante a discussão da matéria, republicano defendeu que também sejam convidados os governadores dos estados, bem como os prefeitos das capitais

Publicado em 21/03/2019 - 00:00

Brasília (DF) – A Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania aprovou o requerimento do deputado federal Luizão Goulart (PRB-PR) para a realização de audiência pública na próxima terça-feira (26), na Câmara dos Deputados, para discutir todos os pontos da reforma da Previdência com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do secretário da Previdência, Rogério Marinho.

Durante a discussão da matéria, Luizão defendeu que também sejam convidados os governadores dos estados, bem como os prefeitos das capitais. “Para que seja tomada uma decisão consistente deve-se ponderar também os impactos da reforma nas administrações públicas dos três entes federativos”, argumentou o republicano.

De acordo com estudos apresentados no Congresso Nacional, a tendência é que nos próximos anos o Brasil tenha um colapso no sistema de previdência social. “É por isso que é importante debatermos com responsabilidade a implantação de uma reforma justa. Temos que pensar primeiramente no cidadão e analisar o impacto que isso terá na sua vida e de suas futuras gerações”, defendeu Luizão Goulart.

O parlamentar disse ainda saber da necessidade da tramitação da reforma, mas destaca que vários pontos do texto original precisam melhorar. “A Reforma da Previdência é necessária, porém ela deve ser justa e não pode permitir que o sacrifício recaia nos ombros de somente uma parcela da sociedade em detrimento de outros segmentos historicamente privilegiados”, concluiu o deputado do PRB.

Texto: Ascom – deputado federal Luizão Goulart
Foto: Douglas Gomes

Reportar Erro