Fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais poderão prestar teleatendimento

Medida vale durante o período de pandemia do coronavírus, mas pode ser regulamentada de forma definitiva

Publicado em 19/06/2020 - 09:02

Brasília (DF) – O deputado federal Cleber Verde (Republicanos-MA) declarou o voto favorável do Republicanos ao projeto de lei que permite o teleatendimento para fins fisioterapêuticos e terapêuticos ocupacionais, durante a crise do coronavírus. O Projeto de Lei nº 1494/20 foi aprovado, nesta quinta-feira (18), durante sessão remota da Câmara dos Deputados e segue para o Senado Federal.

Fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais poderão prestar teleatendimento
Foto: Free Press

“A pandemia de Covid-19 trouxe mudanças que certamente alteraram a vida de todos. O serviço de telessaúde é extremamente importante neste período de isolamento social, quando muitas pessoas não estão saindo de casa. Precisamos acolher a medida”, defendeu Cleber Verde.

A prestação do serviço é restrita aos profissionais devidamente registrados nos conselhos profissionais. Eles terão autonomia para definir os procedimentos a serem adotados nos atendimentos a distância e deverão informar aos pacientes as limitações da modalidade.

O projeto também abre a possibilidade para que o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional regulamente de forma definitiva o atendimento de Telessaúde, após o período de calamidade pública.

Texto: Thifany Batista, com edição de Mônica Donato / Ascom – Liderança do Republicanos
Foto destaque: Douglas Gomes / Ascom – Liderança do Republicanos

Reportar Erro