Welton Irmão discute “Atividade Delegada” com policiais

Aprovação de convênio vai aumentar combate ao crime nas ruas

Publicado em 13/05/2013 - 00:00

13_05_13_destaque05_ms_vereador_do_prb_discute_atividade_delegada_com_policiais
Welton informou que esteve reunido com o governador André Puccineli e acredita que até o aniversário da cidade o convênio com a prefeitura será legalizado

Três Lagoas (MS) – O vereador Welton Irmão (PRB-MS) participou, no plenário da Câmara Municipal de Três Lagoas, da reunião mensal da Polícia Militar. Na ocasião, o vereador falou sobre a implantação da “Atividade Delegada” no município. “Estivemos em São Paulo, no último mês, reunidos com o ex-comandante da Polícia Militar e presidente da Câmara, Álvaro Batista Camilo, e o ex-comandante da Rota, Paulo Telhada, para tratar sobre esse subsídio para os policiais. É uma luta que está sendo constante e estamos recolhendo assinaturas para a ‘Atividade Delegada’ virar realidade em nosso município. Sou uma simples peça nesse projeto e conto com o apoio de todos vocês”, disse o vereador republicano.

Welton informou que esteve reunido com o governador André Puccineli e acredita que até o aniversário da cidade o convênio com a prefeitura será legalizado. “A ‘Atividade Delegada’ irá melhorar a segurança pública, a qualidade de vida de toda nossa sociedade”, concluiu.

O projeto foi criado em São Paulo, sendo um convênio firmado entre as prefeituras e a Secretaria de Segurança Pública, com objetivo de aumentar a fiscalização na cidade e reforçar o combate ao crime nas ruas usando os policiais militares.

No Estado de São Paulo, os PMs podem trabalhar até oito horas por dia, 12 dias no mês, recebendo até R$ 1.560,00 a mais do salário normal, por dez dias trabalhados.

Fonte e foto: Ascom – Câmara Municipal de Três Lagoas

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro