Ronaldo Martins propõe aumento da pena para crimes contra profissionais da educação

Parlamentar argumenta que a escola costumava ser o ambiente considerado mais seguro depois do lar, mas que passou a ser um ambiente de risco constante

Publicado em 21/03/2017 - 00:00

Martins argumenta que a escola costumava ser o ambiente considerado mais seguro depois do lar, mas que passou a ser um ambiente de risco constante, de exposição à violência, às drogas e à criminalidade

Brasília (DF) – O deputado federal Ronaldo Martins (PRB-CE) apresentou o Projeto de Lei 7120/2017, que sugere aumento da pena para crimes cometidos contra profissionais de educação. “A imprensa divulga, constantemente, casos de lesões corporais e de homicídios no ambiente escolar. São casos graves, de professores que foram mortos por alunos e até pelos pais de alunos, por terem disciplinado ou apenas por uma nota que não agradou”, explica o deputado.

Martins argumenta que a escola costumava ser o ambiente considerado mais seguro depois do lar, mas que passou a ser um ambiente de risco constante, de exposição à violência, às drogas e à criminalidade. “Nesse contexto, os professores e demais profissionais de educação vêm se tornando vítimas”. Ele cita um estudo da Secretaria de Educação de São Paulo, apontando que um professor é agredido a cada dois dias nas escolas públicas do estado.

“Temos que alterar o Código Penal para punir com mais rigor e reduzir a incidência desse tipo de crime cometido contra profissionais da educação. Precisamos desencorajar essas práticas em sala de aula”, finaliza.

Texto: Fernanda Cunha / Ascom – Liderança do PRB na Câmara
Foto: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend