Por iniciativa de Anna Carolina, TCE realizará auditoria em contratos da Prefeitura de Itajaí

O objetivo é investigar indícios de irregularidades em contratos firmados entre o Executivo Municipal e uma empresa privada

Publicado em 09/07/2015 - 00:00

Por iniciativa de Anna Carolina, TCE realizará auditoria em contratos da Prefeitura de Itajaí
Anna Carolina destaca que a empresa Oswaldo Dias faturou mais de R$ 2,7 milhões, entre os anos de 2008 e 2013, para executar serviços de manutenção, conservação urbana e aluguel de maquinários.

 

Itajaí (SC) – Técnicos do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE) vão realizar nos próximos dias auditoria nos contratos firmados entre a Prefeitura de Itajaí e a empresa Osvaldo Dias da Silva ME. A ação foi motivada pela vereadora Anna Carolina (PRB-SC) que apresentou ao Ministério Público indícios de irregularidades em contratos de prestação de serviços entre o Executivo Municipal e a instituição.

A vereadora do PRB aponta que a empresa faturou em contratos com a Prefeitura de Itajaí mais de R$ 2,7 milhões, somente entre os anos de 2008 e 2013. O valor não abrange os aditivos dos contratos realizados de dezembro até o mês passado, que somados ultrapassam a ordem de R$ 2,8 milhões. De acordo com documentos disponíveis no Portal da Transparência, a empresa presta todo o tipo de serviço desde aluguel de máquinas, manutenção e conservação urbana e desobstrução da tubulação.

Dentre as irregularidades apontadas por Anna Carolina, a falta de funcionários suficientes para a execução de todos os contratos firmados. Para averiguar a suposta falta de fiscalização por parte da Prefeitura, os técnicos do TCE vão auditar relatórios, notas fiscais e boletins de medição dos serviços prestados pela empresa.TCE

Esclarecimentos

Ainda neste ano, o Ministério Público solicitou à Prefeitura uma listagem com o nome dos servidores responsáveis pela fiscalização de cada um dos contratos, bem como as cópias de todos os relatórios da fiscalização.

À empresa, o MP pediu uma série de documentos, a exemplo da lista dos funcionários que estão atuando em cada contrato, com a cópia dos documentos expedidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) que comprove o vínculo empregatício de cada um deles. De acordo com a descrição dos contratos, a empresa deveria ter, no mínimo, 87 colaboradores, além de comprovar o aluguel dos maquinários para a prestação dos serviços.

Texto: Ascom / vereadora Anna Carolina
Foto: Davi Spuldaro

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend