Pescadores recolhem lixo nos rios do Rio Grande do Sul

Mais de 150 barcos devem participar da ação no arquipélago do Delta do Jacuí

Publicado em 19/12/2012 - 00:00

Pescadores recolhem lixo nos rios do Rio Grande do Sul
Mais de 150 barcos devem participar da ação no arquipélago do Delta do Jacuí

Porto alegre (RS) – Mais de 150 barcos de pescadores da Ilha da Pintada e região do Rio dos Sinos participam da 6ª edição do Projeto Pescando o Lixo, promovido pela Colônia de Pescadores Z-5. Desde terça-feira (18), em Porto Alegre, os trabalhadores estão retirando detritos dos rios do arquipélago do Delta do Jacuí. Na última edição, realizada em dezembro do ano passado, 27 toneladas de entulhos, incluindo pneus e para-choques de carros foram recolhidos.

Autor de iniciativas em defesa do setor pesqueiro, o deputado estadual Carlos Gomes (PRB) observa que a cada ano aumenta a quantidade de lixo recolhido pelos pescadores. “Ainda temos uma longa jornada a trilhar em direção à conscientização da população em geral para o cuidado com o meio ambiente e, em especial, com os rios, mas esses resultados demonstram que estamos no caminho certo”, ressaltou o parlamentar que participa da campanha desde a sua primeira edição, em 2008.

“Nosso principal objetivo é chamar a atenção da comunidade para a importância da preservação das águas”, salientou Vilmar Coelho, presidente da Colônia Z-5. Ele destacou que os pescadores não podem trabalhar durante o período de três meses da piracema (novembro, dezembro e janeiro). Ao final da tarefa os trabalhadores receberão cestas básicas, combustível para os barcos e sacos plásticos para a retirada do lixo. Os materiais foram adquiridos com o apoio de empresas e entidades patrocinadoras.

Fonte: Ascom Carlos Gomes
Foto 01: Adriana Pereira

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro