Nunes Coelho destina R$ 324 mil para Hospital Universitário de Taubaté

Valor será utilizado para a ampliação de leitos

Publicado em 31/01/2018 - 00:00

Nunes Coelho destina R$ 324 mil para Hospital Universitário de Taubaté
Valor destinado por Nunes Coelho será utilizado para a ampliação de leitos

Taubaté (SP) – O vereador Nunes Coelho (PRB-SP) destinou recurso na ordem de R$ 324 mil para o Hospital Universitário de Taubaté. O valor será utilizado para a ampliação de leitos.

Atualmente, a gestão do Hospital Universitário está a cargo do estado. A proposta, segundo Coelho, é colocar a unidade de saúde sob responsabilidade do município. “Com isso, a cidade ganhará mais 30 leitos de clínica e mais 10 leitos de UTI. Com esses números, a Secretaria de Saúde pretende desafogar o pronto socorro”, comentou o republicano.

“São pessoas que não podem receber alta e precisam de internação, e ficam esperando uma vaga na rede estadual, o que tem causado enormes transtornos aos taubateanos”, afirmou Coelho.

De acordo com informações do próprio HU, por mês, a unidade realiza uma média de 4,9 mil consultas médicas, 584 internações e 280 procedimentos cirúrgicos de pequeno, médio e grande porte. A instituição possui ainda um Pronto Socorro de Ginecologia e Obstetrícia, que é responsável por atender cerca de 1,6 mil mulheres mensalmente, além de realizar, durante o período, cerca de 150 partos, entre normais e cesarianas.

“Temos informações que cerca de 60 pacientes, em média, esperam vaga de internação, com esse novo projeto, daremos um alívio para essas pessoas, por isso destinei todo o valor das emendas impositivas, destinadas à área da saúde, para ajudar no custeio dos trabalhos do Hospital Universitário”, informou Nunes Coelho.

Texto e foto: Ascom – vereador Nunes Coelho

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro