Marcos da Luz pede relatório sobre terrenos baldios em Parintins

Republicano alerta que os terrenos vazios existentes no município têm causado sérios prejuízos para a população

Publicado em 08/06/2017 - 00:00

marcos-da-luz-prb-pede-relatorio-sobre-terrenos-baldios-em-parintins-foto-ascom-07-06-17
Republicano alerta que os terrenos vazios existentes no município têm causado sérios prejuízos para a população

Parintins (AM) – O vereador Marcos da Luz (PRB), membro da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Parintins, apresentou um requerimento que solicita a Prefeitura de Parintins, por meio da Secretaria Municipal de Finanças, a elaboração de um relatório de solo urbano não edificado, subutilizado e não utilizado.

O republicano alerta que os terrenos vazios existentes no município têm causado sérios prejuízos para a população, e o relatório se faz necessário para o acompanhamento, fiscalização, avaliação e outras providências. “São locais que servem de lixões, criatórios de ratos e outras infestações como meio proliferação de doenças e impacto negativo na saúde pública. Além disso, esses locais estão sendo utilizados por dependentes químicos para o consumo de drogas, o mercado de narcotráfico, e acima de tudo, já foram registradas várias ocorrências sobre o aumento da violência”, disse.

Para o republicano, os donos desses imóveis não fazem investimentos devido a especulação imobiliária. No entanto, Marcos da Luz afirma que o município tem a prerrogativa de notificar o proprietário da terra para que promova o adequamento ou aproveitamento, sob pena de parcelamento ou edificação compulsória, a cobrança do imposto sobre propriedade predial e territorial urbana progressivo no tempo, até mesmo a desapropriação.

Texto: Mayara Carneiro / Ascom – Câmara Municipal de Parintins
Fotos: Pedro Coelho

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend