Liderança e protagonismo feminino é tema de seminário

Deputada federal Aline Gurgel (PRB-AP) liderou o seminário “Fortalecimento da Mulher no Espaço de Poder e Decisão”, realizado na Câmara dos Deputados

Publicado em 27/06/2019 - 00:00

Liderança e protagonismo feminino é tema de seminário
Deputada federal Aline Gurgel (PRB-AP) liderou o seminário “Fortalecimento da Mulher no Espaço de Poder e Decisão”, realizado na Câmara dos Deputados

Brasília (DF) – A deputada federal Aline Gurgel (PRB-AP) liderou o seminário “Fortalecimento da Mulher no Espaço de Poder e Decisão” que aconteceu nesta quarta-feira (26), na Câmara dos Deputados, com a participação de várias autoridades referência no tema. O encontro teve como objetivo discutir estratégias para inserção de mais mulheres em cargos de chefia na sociedade.

“Como deputada federal e também 1ª Procuradora Adjunta da Procuradoria da Mulher na Câmara, não poderia deixar de promover um evento como este. Precisamos ocupar mais espaços de poder e direção na sociedade mesmo sabendo que não é fácil. Nada é fácil, mas com talento e por meio dele podemos ajudar no desenvolvimento do país”, defendeu Aline Gurgel.

A deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ), uma das integrantes da mesa, chamou atenção para as dificuldades das mulheres negras. “Se você for procurar por números, os maiores indicadores de miserabilidade, de desempregadas e de analfabetas são de mulheres negras. São necessárias medidas como o planejamento familiar e educação de qualidade que alcance este grupo. A educação é um dos pilares de uma sociedade desenvolvida”, ressaltou a parlamentar.

Os deputados federais Hélio Costa (PRB-SC) e Ossesio Silva (PRB-PE) também estavam presentes e destacaram a atuação das deputadas republicanas na Câmara. “Todas vocês são vencedoras e amplamente capazes de ocupar os altos cargos políticos”, reforçou Hélio. Já Ossesio parabenizou a deputada Aline Gurgel pela organização do seminário e cobrou mais participação dos homens em eventos como este.

A advogada e consultora da Organização Internacional do Trabalho (OIT), parte da Organização Nacional das Nações Unidas (ONU), Cinthya Ramos, explicou que a igualdade de gênero é um dos 17 objetivos propostos pela ONU para uma sociedade sustentável e que devem ser adotados pelos países do mundo. Mesmo assim, Cinthya destaca que o caminho é longo: “Um exemplo é a questão salarial. Se continuarmos no ritmo que estamos, com mulheres ocupando os mesmos cargos, mas recebendo somente 75% da remuneração que um homem recebe, a igualdade salarial está prevista para o ano de 2047”.

Gabriela Mansur, promotora de Justiça, defendeu a necessidade de quebra dos estereótipos existentes em relação à participação feminina na política. “Precisamos acabar com essa ideia de que mulher só fala de assuntos referentes a elas. Não participamos somente das comissões sobre direitos das mulheres ou sobre violência contra a mulher. Atuamos em todos os seguimentos de decisão da sociedade e somos peças chave no processo político”, disse.

A audiência contou ainda com a presença da modelo e embaixadora das causas contra violência doméstica, Luiza Brunet; a secretária de Estado da Mulher do Governo do Distrito Federal, Ericka Filippelli; as advogadas e especialistas em direito eleitoral, Karina Kufa e Andréia Araújo; além de diversas parlamentares da Casa, como a 1° secretária da Mesa Diretora da Câmara, deputada Soraya Santos (PR-RJ) e a deputada Shéridan Oliveira (PSDB-RR).

Texto: Thifany Batista, com edição de Mônica Donato / Ascom – Liderança do PRB
Fotos: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro