Júnior Verde busca diálogo para acabar com greve dos policiais civis no Maranhão

A reunião foi solicitada pelo deputado do PRB, que ouviu representantes da categoria as reivindicações

Publicado em 05/08/2015 - 00:00

Júnior Verde busca diálogo para acabar com greve dos policiais civis no Maranhão
Júnior Verde defende o diálogo para acabar com a greve.

 

São Luís (MA) – Na tentativa de estabelecer um diálogo entre o Governo do Estado e os policiais civis, que estão em greve desde a última segunda-feira (3), o deputado estadual Júnior Verde (PRB-MA), acompanhado do deputado Wellington do Curso (PPS), reuniu-se nesta terça-feira (4) com membros do sindicato da categoria, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Nesta quarta-feira (5), o movimento se reunirá para decidir se cumpre a decisão judicial que determinou o retorno das atividades, julgando a greve ilegal. A reunião foi solicitada pelo deputado do PRB, que ouviu representantes da categoria, as reivindicações que motivaram o movimento. Segundo os policiais, as remunerações estabelecidas na Lei Estadual 10.266 são baixas e discrepantes.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão (Sinpol), Heleudo Moreira, lamentou a greve. “Infelizmente chegamos ao limite e não temos mais condições de exercer nossas atividades sem o devido reconhecimento”, desabafou, acrescentando que o Executivo Estadual não tem cumprido as decisões judiciais que determinam o pagamento de gratificações retroativas.

“Estamos buscando uma solução para acabar com a greve, que afeta toda a sociedade. Acredito na força do diálogo, do entendimento, e é o que o governo também partilha, como fez com os policiais militares e com os delegados. Embora não possamos resolver questões do executivo, vamos mediar e tentar resolver essa crise”, disse Júnior Verde.

O deputado Wellington do Curso contribuiu com as discussões. “Estamos aqui em favor do policial civil, do povo do Maranhão. Sou da base aliada, mas não faço parte do governo e toda e qualquer proposta que vá de encontro ao povo maranhense, sou contra”, afirmou.

O Maranhão possui hoje 2.166 policiais civis na ativa, entre delegados, investigadores, escrivães e peritos. Há, porém, 743 cargos vagos que deveriam ser preenchidos, como estabelece a Lei Estadual.

Texto e foto: Assecom / deputado estadual Júnior Verde
Edição: Agência PRB Nacional

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend