José Freitas discute instalação de mina de carvão no RS

Projeto Mina Guaíba está em processo de licenciamento junto à Fepam e a previsão é que seja instalada nas proximidades de Porto Alegre

Publicado em 17/07/2019 - 00:00

José Freitas discute instalação de mina de carvão no RS
Projeto Mina Guaíba está em processo de licenciamento junto à Fepam e a previsão é que seja instalada nas proximidades de Porto Alegre, nos municípios de Eldorado do Sul e Charqueadas

Porto Alegre (RS) – A Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara Municipal promoveu audiência pública sobre os impactos ambientais na capital gaúcha pela instalação e exploração na Mina Guaíba. O Projeto Mina Guaíba está em processo de licenciamento junto à Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam) e a previsão é que seja instalada nas proximidades de Porto Alegre, nos municípios de Eldorado do Sul e Charqueadas.

Em sua explanação, o vereador José Freitas (PRB) ponderou os prováveis conflitos criados com a extração de carvão mineral, areia e cascalho para a produção de energia elétrica. “ Uma coisa é certa, já temos poluição demais em nossa cidade. Sou oriundo da região carbonífera do estado e conheço muito bem os impactos gerados com este processo. Não sou contra o avanço das tecnologias, mas existem alternativas limpas para produzir energia”, esclareceu o parlamentar, que também é formado em gestão ambiental.

Freitas afirmou, ainda, que a mobilização dos ambientalistas, bem como a discussão da pauta no ambiente político favorecem a disseminação de informação sobre o projeto, algo fundamental para o parlamentar. “Acredito que 90% da população gaúcha não esteja a par do projeto, então precisamos fomentar essa discussão”, ressaltou.

Texto: Graziele Correa / Ascom – vereador José Freitas
Foto: Ederson Nunes 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro