Governo Federal homenageia personalidades de reconhecido valor para o setor produtivo

Um dos homenageados será o ministro Marcos Jorge (PRB), que receberá a medalha da Ordem Nacional Barão de Mauá

Publicado em 12/12/2018 - 00:00

Governo Federal homenageia personalidades de reconhecido valor para o setor produtivo
O ministro do MDIC, Marcos Jorge (PRB), será um dos homenageados com a medalha da Ordem Nacional Barão de Mauá

Brasília (DF) – O presidente da República, Michel Temer, entrega nesta quarta-feira (12), medalhas da Ordem Nacional Barão de Mauá, regida pelo Decreto nº 9.549, de 31 de outubro de 2018, que tem o objetivo de condecorar personalidades nacionais e estrangeiras que tenham prestado relevantes contribuições à indústria, ao comércio exterior e aos serviços do país. Receberão a honraria 59 pessoas de reconhecido valor para o setor produtivo brasileiro.

As insígnias serão concedidas aos cinco ex-ministros que mais diretamente atuaram em apoio aos trabalhos do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) durante a gestão do presidente Michel Temer: Armando Monteiro Neto, que iniciou projetos importantes, como Brasil Mais Produtivo, implementados nesta gestão; Dorothea Werneck, que colaborou no âmbito do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e do Conselho Nacional para a Desburocratização; Luiz Fernando Furlan, que colaborou no âmbito da Mobilização Empresarial pela Inovação; Marcos Pereira, ministro que iniciou a gestão no mandato do presidente Michel Temer na Presidência da República e Sérgio Silva do Amaral, que colaborou com as negociações com os Estados Unidos em relação à sobretaxa imposta ao aço e alumínio importados por meio da Seção 232.

Também estão entre os condecorados o ministro de Estado da Defesa, Joaquim Silva e Luna; o ministro de Estado das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira; e o ministro de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, que são conselheiros da Ordem Nacional Barão de Mauá. O Grão-Mestre da Ordem, o Presidente da República, e o Chanceler, o ministro Marcos Jorge (PRB), também serão homenageados.

Para o ministro Marcos Jorge, os homenageados contribuíram para que o Brasil caminhasse na direção de ter um setor produtivo mais competitivo. “O Brasil precisa se integrar cada vez mais à economia global, sem perder de vista que um número cada vez maior de empregos será criado para os brasileiros, melhorando a renda das pessoas e o padrão de vida de todos”, afirmou. “Tenho certeza de que nosso país está no rumo certo – na direção do crescimento com mais desenvolvimento social para os brasileiros”, ressaltou.

Ordem Nacional Barão de Mauá

O gaúcho Irineu Evangelista de Sousa recebeu o título de “Barão de Mauá” do imperador Dom Pedro II em 1854 por ter sido pioneiro da industrialização brasileira. Aos 32 anos, convencido de que o Brasil deveria trilhar esse caminho, construiu um estaleiro e deu início à indústria naval brasileira.

Trabalhou pesado. Criou a Companhia Fluminense de Transportes, a Companhia de Navegação a Vapor do rio Amazonas, a Companhia de Iluminação a gás do Rio de Janeiro e a primeira estrada de ferro da América do Sul.

Alçado a Visconde, foi o precursor do capitalismo na América do Sul, ao adotar em suas empresas os recursos e maquinários em uso na Europa e nos Estados Unidos a partir da Revolução Industrial do século XIX.

Texto e foto: Ascom -MDIC

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro