“É preciso que a Petrobras dê explicações à população sobre os seus lucros”, diz Eduardo Lopes

Em pronunciamento, senador do PRB também alertou sobre o desabastecimento de produtos e o aumento abusivo dos preços pelos estabelecimentos comerciais

Publicado em 29/05/2018 - 00:00

“É preciso que a Petrobras dê explicações a população sobre os seus lucros”, diz Eduardo Lopes
Em pronunciamento, senador do PRB também alertou sobre o desabastecimento de produtos e o aumento abusivo dos preços pelos estabelecimentos comerciais

Brasília (DF) – O senador Eduardo Lopes (PRB) subiu à tribuna, nesta segunda-feira (28), para falar sobre a greve dos caminhoneiros e os altos preços dos combustíveis. Segundo o parlamentar, alguns bloqueios nas estradas de norte a sul do Brasil impedem a entrega de diversos tipos de produtos, reduzindo o faturamento das empresas, provocando desabastecimento e dando espaço para oportunistas que, tiram proveito da crise, aumentando preços abusivamente.

Lopes defendeu punição e multa para os donos de postos de combustíveis que promovem o aumento dos preços durante a crise. “O que pensar de uma pessoa que, sendo dona de um posto de gasolina, diante de um problema desse, aumenta o preço da gasolina e cobra R$ 9,99, na cara do consumidor? Aproveitadora! Não tem outra palavra para isso”, disse Eduardo Lopes.

“Na Ceasa do Rio de Janeiro, um saco de batatas de 50kg chegou a ser vendido por astronômicos R$500; a cenoura aumentou quase 70%; a caixa de morangos, 50%”, disse o senador Eduardo Lopes, que lembrou ainda que não pode esquecer a alta da gasolina e tampouco do gás de cozinha.

Com o anúncio do governo federal, de que o preço do diesel ficará congelado por 60 dias e terá a redução de R$0,46 por litro nas refinarias, Lopes disse que não é a solução ideal, pois para ele, a população pagará de alguma forma. “Isso custará R$ 13 bilhões aos cofres públicos. Desoneração, subsídio e isenção de pedágios são soluções frágeis, temporárias, pelas quais alguém vai ter que pagar”, lamentou o senador.

Lopes criticou, ainda, o lucro da Petrobras que é desconhecido. “Sendo a Petrobras estatal e detendo o monopólio, o lucro dela deveria ficar em quanto no máximo? Mas qual é o lucro da Petrobras? É nesse assunto que nós temos que tocar. Não adiantam medidas paliativas. Eu acho que nós temos que enfrentar, temos que mergulhar nesse assunto e ver todo o problema de uma forma geral, de uma forma total”, destacou o senador.

Texto: Júnior Laurindo / Ascom – senador Eduardo Lopes
Foto: Roque de Sá

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: [email protected]. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro
Send this to a friend