Carlos Henrique quer debater suspensão da Lei de Incentivo ao Esporte em MG

Republicano anunciou que colherá assinaturas dos demais parlamentares para a criação de uma Frente Parlamentar em Defesa do Esporte

Publicado em 23/05/2019 - 00:00

Carlos Henrique quer debater suspensão da Lei de Incentivo ao Esporte em MG
Republicano anunciou que colherá assinaturas dos demais parlamentares para a criação de uma Frente Parlamentar em Defesa do Esporte

Belo Horizonte (MG) – Após anúncio do Governo do Estado de Minas Gerais de suspender a Lei de Incentivo ao Esporte, o deputado estadual Carlos Henrique (PRB-MG) solicitou à Comissão de Esporte Lazer e Juventude da Assembleia Legislativa, a realização de uma audiência pública para debater a suspensão da homologação de termos de compromisso da lei que fomenta o esporte no estado.

Em cinco anos, o programa já aportou cerca de R$ 65 milhões em 274 projetos, beneficiando 176 mil pessoas. Desde março desse ano, os projetos que já tinham recursos destinados não conseguem receber os valores, gerando prejuízo e consequentemente sendo cancelados.

Diante do atual cenário, Carlos Henrique disse que colherá assinaturas dos demais parlamentares para a criação de uma Frente Parlamentar em Defesa do Esporte. “Devemos nos unir em defesa do esporte e garantir a preservação dos direitos do esporte no nosso estado. Recebemos nas olimpíadas, 19 delegações estrangeiras, isso porque essas delegações viram que aqui tínhamos um ambiente em que a política para as práticas esportivas eram preservadas e, com isso, tivemos grande êxito. Temos que lutar para preservar e incentivar cada vez mais o esporte em nosso estado”, destacou o republicano.

A Lei de Incentivo ao Esporte permite que empresas deduzam até 3% do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestação de Serviço de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), mas há dois meses elas estão impedidas de destinar o imposto ao esporte.

“Enquanto secretário de Esportes, acompanhei de perto as políticas de apoio ao setor e sei que é uma política transparente, de resultados e inclusiva. A Lei de Incentivo não beneficia apenas as empresas, ou associações, mas principalmente quem mais precisa na ponta, que é o cidadão mais carente e o jovem desassistido por essas políticas sociais que o governo vem desmontando ao longo do tempo”, concluiu Carlos Henrique.

Texto: Jaqueline Nascimento / Ascom – deputado estadual Carlos Henrique
Foto: Ascom – deputado estadual Carlos Henrique
Edição: Ascom – PRB-MG e Agência PRB Nacional

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro