Câmara de Vereadores de São Leopoldo economiza mais de R$ 1,5 milhão

“Encerro meu ano à frente da Mesa Diretora com a sensação de dever cumprido”, disse o presidente da câmara, vereador Amando Motta (PRB)

Publicado em 23/12/2018 - 00:00

Câmara de Vereadores de São Leopoldo economiza mais de R$ 1,5 milhão
Com orçamento anual de R$ 13.847.000,00, a Câmara de São Leopoldo deixou de gastar em 2018, R$ 1.838.771,57, na gestão de Armando Motta (PRB)

São Leopoldo (RS) – A poucos dias do encerramento do ano, o presidente da câmara municipal, vereador Armando Motta (PRB), apresentou ao prefeito Ary Vanazzi, na sexta-feira (21), a prestação de contas da sua gestão. Com orçamento anual de R$ 13.847.000,00, a Casa Legislativa deixou de gastar em 2018, R$ 1.838.771,57.

“Encerro meu ano à frente da Mesa Diretora com a sensação de dever cumprido. Buscamos economizar o máximo, pois sabemos das dificuldades financeiras do município e não poderíamos nos abster diante dessa realidade”, ressaltou Motta.

Com as medidas, que envolveram redução de contratos, redução de assinaturas de jornais, as contas do ano serão encerradas sem nenhuma pendência financeira. “Sempre prezamos, contudo, pela garantia de um ambiente de trabalho íntegro e dentro da lei”, disse o republicano.

Ajuda para o Hospital Centenário

No mês de novembro, a Câmara Municipal destinou R$ 350 mil do seu dinheiro de caixa para auxiliar a UTI Neonatal do Centenário. “Quando o hospital precisou, não nos omitimos, pois é também papel do legislativo contribuir, de todas as formas possíveis, para a saúde pública”, contou Armando Motta.

Conquistas

Uma das primeiras medidas implementada pela Mesa Diretora foi a assinatura de um decreto, em janeiro, que determinou o não pagamento de despesas com viagens, diárias, passagens áreas, participação em eventos, adiantamento de décimo terceiro salário e outros benefícios que não estivessem no prazo legal. A ordem de serviço foi mantida por 90 dias.

Além disso, desde o início de abril, com a implantação da sala da Procuradoria Especial da Mulher, a Câmara conta com um espaço apto a receber e encaminhar denúncias, fiscalizar as ações que promovam a participação da mulher na sociedade e divulgar seus direitos. Entre os meses de abril e novembro de 2018, 74 demandas chegaram até a procuradoria.

Um site seguro, ágil e transparente, que viabiliza o trabalho do Vereador Ouvidor e facilita os trâmites para os cidadãos interessados em contribuir com o desenvolvimento da cidade está à disposição dos leopoldense desde junho. O canal de ouvidoria- que é hospedado no site da Câmara Municipal- proporciona integridade e transparência no acompanhamento das mensagens recebidas e já recebeu 25 solicitações desde sua implantação, ocorrida no mês de junho;

Em setembro, a câmara municipal passou a adotar o Diário Oficial dos Municípios como meio oficial de comunicação, publicidade e divulgação dos atos normativos e administrativos. Com a alteração, a Câmara adere ao mesmo veículo utilizado pelo município, de forma gratuita.

Além disso, a Mesa Diretora modernizou o painel de votações utilizado pelos vereadores (sem custo extra); instalou uma quarta câmera de monitoramento no plenário, garantindo mais segurança para o público que acompanha as sessões; atualizou os softwares de informática.

“Todas as melhorias realizadas visaram melhorar a prestação do nosso serviço, com um olhar atento para os servidores e comunidade que fazem parte do nosso dia a dia”, concluiu Armando Motta.

Texto e foto: Ascom – vereador Armando Motta

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro