Aprovado projeto de lei que fixa efetivo da PM

Major Araújo lamentou rejeição das emendas que beneficiariam militares que trabalharam na tragédia do Césio 137

Publicado em 18/12/2012 - 00:00

Aprovado projeto de lei que fixa efetivo da PM
Major Araújo lamentou rejeição das emendas que beneficiariam militares que trabalharam na tragédia do Césio 137

Goiânia (GO) – Os deputados aprovaram em primeira votação o projeto de lei da governadoria, nº 4.324/12,que fixa o efetivo da Polícia Militar de Goiás, ampliando o quantitativo em aproximadamente 150% nos próximos dez anos. A matéria havia sido emendada em plenário, mas foram derrubadas na Comissão Mista.

O deputado Major Araújo (PRB-GO) foi um dos que encaminharam voto favorável à matéria, mas lamentou a rejeição das emendas que beneficiariam policiais militares que atuaram durante o acidente radiológico do Césio 137.

“É verdade que o ex-governador Alcides Rodrigues não concedeu cinco anos de data-base, mas instituiu o tratamento isonômico entre os militares. A emenda que propusemos era a promoção de viúvas ou filhos de militares que morreram em combate. A assembleia disse não aos militares, mas aprovou matéria similar aos policiais civis. Esta Casa, lamentavelmente, instituiu o preconceito contra os militares”, afirmou Major Araújo.

Todas as emendas tiveram aprovadas os pareceres do relator, pela rejeição, e o projeto retorna agora para apreciação em Plenário em seu teor original. O projeto fixa o efetivo da Polícia Militar do Estado de Goiás alterando o limite atual de 12.368 para 30.741. As vagas serão preenchidas em dez anos.

Texto: ALEGO
Foto: Marcos Kennedy

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro