Após 20 anos de espera, instituições cuidadoras de deficientes intelectuais foram reconhecidas

Lei de Ricardo Fonseca foi aprovada em agosto de 2014 no Espírito Santo.

Publicado em 14/01/2015 - 00:00

Apos-20-anos-espera-deficientes-intelectuais-reconhecidas-foto-prb-es-001
Lei de Ricardo Fonseca foi aprovada em agosto de 2014 no Espírito Santo.

 

RETROSPECTIVA

Serra (ES) – Depois de 20 anos de espera, foi aprovada a lei de autoria do vereador Ricardo Fonseca (PRB), que reconhecia as instituições que funcionavam como Centros Educacionais Especializados, como a APAE, Pestalozzi e Instituições que cuidam de pessoas portadoras de necessidades intelectuais e múltiplas. O documento, de número 4247/2014, foi aprovado no mês de agosto de 2014.

“Fui eleito para lutar pelo bem estar do povo serrano. É o meu dever, como cidadão, fazer leis que vão beneficiar toda a população, incluindo uma educação digna e de qualidade. Acredito em um Município onde a Educação é para todos”, enfatizou o republicano Ricardo Fonseca, à época, que também preside a Comissão de Educação na Câmara Municipal da cidade.

Apos-20-anos-espera-deficientes-intelectuais-reconhecidas-foto-prb-es-002Para o presidente da Pestalozzi, Sebastião Carvalho Capdeville, a aprovação da lei irá trazer benefícios aos alunos dos centros. “Estávamos esperando há 20 anos para sermos reconhecidos. Esse ato entra para a história do Município da Serra”, ressaltou Sebastião naquele período.

Já o presidente da APAE e do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Luciano Ferreira, comentou que, através da lei, seria cobrado da Prefeitura e dos Órgãos competentes o cumprimento das medidas. “Agora seremos reconhecidos pelo Conselho e Secretaria Municipal de Educação da Serra”, vibra Luciano.

Fonte e foto: Ascom – vereador Ricardo Fonseca
Edição Jamile Reis / Agência PRB Nacional

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no novo portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o email: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

Reportar Erro