Ministra Cristiane Britto lança campanha Setembro Amarelo contra o suicídio

A iniciativa tem o objetivo de conscientizar a população e prevenir novos casos

Publicado em 05/09/2022 - 10:56

Brasília (DF) –  O dia 10 de setembro é do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. A ministra do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto (Republicanos), lançou nesta segunda-feira (05), a campanha  Setembro Amarelo, com o tema “A vida é a melhor escola”. A iniciativa visa promover a conscientização e prevenção ao suicídio.

Este ano, foi lançado um portal exclusivo com todo o conteúdo da campanha. O gov.br/acolha será um espaço com informações sobre como ajudar, frases de alerta e maneiras de identificar como alguma pessoa pode estar passando por dificuldades emocionais e psicológicas que o leve a pensar em suicídio.

“Queremos oferecer um local para que a população tenha acesso a informações e saiba o que fazer e como proceder em caso de necessidade. Acreditamos que este espaço virtual permitirá que as pessoas se informem e ajudem na prevenção do suicídio, da automutilação e demais sintomas sobre a fragilidade da saúde mental”, ressaltou a ministra.

Números

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), todos os anos, o suicídio mata mais que doenças como HIV, malária e câncer de mama, além de guerras e homicídios. Na faixa de idade entre 15 e 29 anos, o suicídio é a quarta causa de mortes, atrás de acidentes de trabalho, tuberculose e violência.

Em todo o mundo, são 800 mil casos de suicídio. Só no Brasil, são registrados por volta de 14 mil casos, uma de 38 suicídios por dia. Separados por gênero, a cada 100 mil homens, 12,6% cometem suicídio; já entre as mulheres, o número cai para 5,4%.

Texto e foto: Ascom Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos

 

Reportar Erro
Send this to a friend