FRB quer potencializar subseções em todo o país

Renato Junqueira falou sobre o projeto de criação de novas subseções da FRB em todo o país

Publicado em 29/11/2017 - 00:00

Brasília (DF) – Durante evento em comemoração aos 10 anos da Fundação Republicana Brasileira (FRB), nesta terça-feira (28), o presidente da instituição, Renato Junqueira, falou sobre o projeto de criação de novas subseções da FRB em todo o país.

Junqueira destacou que o primeiro estado a receber uma subseção da FRB foi São Paulo. “A subvenção é uma extensão da FRB nos estados, e o primeiro a receber essa representação foi São Paulo. Fechamos nosso ciclo de viagens em todo o país e temos um projeto ousado para atingir todos os municípios do Brasil, que são mais de cinco mil”, disse.

FRB quer potencializar subseções em todo o paísPara o futuro, o presidente afirma que serão criadas outras quatro subseções, totalizando cinco regionais (Norte, Nordeste, Centro-oeste, Sudeste e Sul) para atender mais amplamente os estados e municípios brasileiros por meio dos cursos, palestras, simpósios e capacitação políticos. “Queremos regionalizar a FRB nos estados, de norte a sul do país, para que os cursos ofertados cheguem com mais agilidade e rapidez nos municípios”, afirmou.

Aildo Rodrigues, coordenador da subseção da FRB em São Paulo, falou sobre sua gestão e a tarefa árdua de promover conscientização política na maior metrópole do país. “Em São Paulo, temos procurado atender não apenas a capital, mas os municípios do interior. Nosso braço é curto para atender a necessidade e a demanda, mas estamos trabalhando para atingir esse objetivo”, explicou.

Texto e fotos: Agência PRB Nacional
Colaborou: Suellen Siqueira / Ascom – FRB

Leia mais

FRB reformula cursos de política on-line e de lideranças femininas

Marcos Pereira é homenageado pela FRB

Em bate-papo, republicanos reafirmam sucesso da FRB

Lançamento da nova logo, jingle e cápsula do tempo marcam aniversário de 10 anos da FRB

FRB celebra aniversário de 10 anos com grande cerimônia em Brasília

 

Reportar Erro