Curso de capacitação da FRB atende candidatos do Pará

Foco é conscientizar e motivar republicanos envolvidos no pleito municipal

Publicado em 26/08/2016 - 00:00

Belém (PA) – A convite do presidente do Partido Republicano Brasileiro do Pará, Fábio Freitas, a Fundação Republicana Brasileira (FRB) realizou, no último sábado (20), o Curso Eleições 2016. Ministrada pelo especialista em Direito Eleitoral Paulo Fernando Vasconcelos, a formação reuniu cerca de 120 pessoas, no espaço Computer Hall Eventos, localizado na capital do estado. Candidatos ao pleito municipal, contadores, secretários e militantes estiveram presentes.

A iniciativa é voltada para a conscientização dos candidatos e demais envolvidos no processo de preparação para as eleições. O conteúdo abrange os dez temas do curso tradicional da FRB, regras atualizadas estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), prestação de contas de campanha e, ainda, uma abordagem motivacional.

“Neste período eleitoral, mesmo com tanta gente desacreditada da política, é importante que tenhamos essa base educativa e conscientizadora. O Estado do Pará passa por uma série de limitações de infraestrutura, saneamento e políticas que atendam, de fato, à população. O mais importante é trabalhar a motivação e mostrar que ainda existem pessoas do bem, dispostas a atuar pelo coletivo. É possível mudar essa realidade”, destacou Fábio Freitas.

Curso de capacitação da FRB atende candidatos do Pará
Coordenadora estadual do PRB Mulher Pará, Simone Kahwage, participou do curso com militantes

Para a secretária geral do PRB Pará, Silvana Santos, “o curso atendeu às expectativas dos militantes e candidatos dos municípios de Belém e Ananindeua, que compareceram em peso. O palestrante ministrou com excelência – o que motivou a todos”, disse.

O republicano Swami Alves destacou que as explanações acrescentaram conhecimentos úteis ao dia a dia dos cidadãos. “A palestra foi muito proveitosa e abriu os olhos dos participantes rumo à nova política. O palestrante nos contou a história do partido e falou sobre a importância da participação, bem como demonstrou que os envolvidos devem ter compromisso, expôs que o eleitor vota por afinidade, quando o correto seria votar pela competência do candidato. Ficou evidenciado que o povo não pode se conformar com corrupção e, que para reverter o sistema político ruim, o ideal é que saibamos votar”.

Texto: Suellen Siqueira / Ascom FRB
Com informações e fotos do PRB Pará

Reportar Erro