Cristiane Britto debate ações de combate ao feminicidio em Mato Grosso

Cristiane Britto debate ações de combate ao feminicídio em Mato Grosso

Em Rondonópolis, a secretária nacional de Políticas para as Mulheres defendeu ações coletivas no enfrentamento da violência contra a mulher

Publicado em 17/12/2019 - 00:00

Rondonópolis (MT) – A secretária nacional de Políticas para as Mulheres, Cristiane Britto (Republicanos-DF), participou, na quinta-feira-feira (12), da 5ª Conferência Municipal da Políticas Públicas para as Mulheres, em Rondonópolis, Mato Grosso.

O encontro reuniu órgãos como a Vara Especializada de Combate à Violência Familiar, Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social, Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Procuradoria Geral do Estado, Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Polícia Militar, Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente, Delegacia da Mulher, Escritório Regional de Saúde e Defensoria Pública.

Na oportunidade, Cristiane Britto destacou a importância do evento e defendeu esforço coletivo para que sejam construídas estratégias para o enfrentamento da violência contra a mulher, fator que está sendo tratado com prioridade pelo Governo Federal, segundo a secretária.

 “O debate foi rico e abordamos sobre questões como enfrentamento à violência, autonomia econômica, apoio às mães, participação das mulheres nas eleições de 2020, entre outros temas. Na ocasião, apresentamos os compromissos do Governo Federal com as mulheres e defendemos a maior participação delas na política”, destacou Cristiane Britto.

Cristiane Britto destacou o fortalecimento da rede de atendimento das mulheres e falou da coleta de dados para a elaboração de um plano para o combate ao feminicídio. Ela divulgou o número do disque denúncia que qualquer pessoa deve ligar – 180 – ajudar uma mulher que está sendo vítima de violência.

Além do seminário, Cristiane Britto visitou o Espaço de Convivência Vila Olímpico, o Fórum da cidade onde conversou com a juíza Maria Mazarello. “Ela compartilhou conosco a realidade local e o trabalho desenvolvido. Nada menos que dois mil processos em andamento e uma grande determinação em fazer justiça”, disse.

Ainda em Rondonópolis, a secretária participou de reunião com tribos indígenas locais para tratar de ações de combate ao alcoolismo que atinge a comunidade, motivo de violência contra as mulheres na região.

“Encerramos a missão assistindo uma apresentação dos trabalhos sociais voltados para crianças, que são realizados pelo Corpo de Bombeiros. Muito bonito o trabalho! O projeto tira crianças da ociosidade e oferece esporte e cultura. Retornamos para Brasília cientes da responsabilidade, que nos cabe, na defesa dos direitos das mulheres”, ressaltou Cristiane Britto.

Texto: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)
Fotos: Ascom – secretária Cristiane Britto

Reportar Erro