Antecipado transferências e saques da 3ª parcela do auxílio emergencial

Depósitos em contas poupanças sociais digitais será feito de 18 a 30 de junho, conforme o mês de aniversário dos trabalhadores, informa o ministro João Roma

Publicado em 15/06/2021 - 11:07

Brasília (DF) – o Ministério da Cidadania antecipou o calendário de transferências e saques da terceira parcela do Auxílio Emergencial 2021 para o público inscrito via canais digitais e do Cadastro Único. O novo cronograma foi oficializado por meio da Portaria nº 636, publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (15). O mesmo procedimento já havia sido adotado para permitir o acesso com antecedência à primeira e à segunda parcelas.

Essa terceira antecipação no calendário de pagamento e de saque mostra o compromisso do governo e do Ministério da Cidadania em ajudar a população brasileira mais vulnerável nesse momento de grande dificuldade. A fraternidade é um dos pilares do governo, pois quem está desempregado tem pressa e precisa desse apoio agora.

Os depósitos na conta social digital têm início nesta sexta-feira (18) para os aniversariantes de janeiro, uma antecipação de dois dias. Pelo cronograma anterior, eles receberiam no domingo (20). A mudança mais significativa será para os nascidos em dezembro, que passam a ter direito à terceira parcela ainda em junho, no dia 30, junto com quem faz aniversário em novembro. Antes, quem nasceu no último mês do ano receberia em 21 de julho.

“O trabalho realizado pelo Ministério da Cidadania e seus parceiros tem possibilitado a antecipação dos pagamentos, mostrando que a operação está sendo realizada com eficiência. O dinheiro chegará mais cedo a quem mais está sofrendo com as consequências econômicas geradas pela pandemia do novo coronavírus”, afirmou o ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos).

A mudança também tem impacto nos saques. O calendário original previa o início da fase de retirada do dinheiro da terceira parcela em 13 de julho. Pelo novo cronograma, a data passa a ser 1º de julho, para nascidos em janeiro.

Da mesma forma que nos créditos em conta, a alteração é mais perceptível para os nascidos no fim do ano. Os aniversariantes de novembro, que teriam acesso aos saques em 10 de agosto, passarão a ter essa possibilidade 24 dias antes, em 16 de julho. Para os aniversariantes de dezembro, o cronograma foi antecipado em 23 dias. Agora será em 19 de julho.

O modelo de escalonamento das transferências e saques, adotado no ano passado, segue sendo executado em 2021, com o objetivo de evitar filas e aglomerações nas agências da Caixa Econômica Federal e nas lotéricas.

Para o público do Auxílio Emergencial 2021 incluído no Bolsa Família, nada muda. Os repasses continuarão sendo feitos de acordo com o calendário habitual do programa. Em junho, o início dos repasses será na próxima quinta-feira (17) para quem tem Número de Identificação Social (NIS) com final 1.

Contestações

Os beneficiários que tiveram o Auxílio Emergencial 2021 cancelado devido à revisão mensal de junho têm até o dia 22 para contestar a decisão.

Para verificar a possibilidade de retomar o pagamento do benefício, o cidadão deve entrar no site AQUI, verificar se há parcela com a situação cancelada e clicar no botão “contestar”.

Se a razão que motivou o cancelamento permitir contestação, o registro do cidadão será reanalisado pela Dataprev e o trabalhador poderá voltar a receber, caso seja aprovada a contestação.

Serviço ao cidadão

O endereço eletrônico www.cidadania.gov.br/auxilio remete ao serviço de atendimento via Facebook do Ministério da Cidadania. Por meio da hashtag #IssoÉCidadania é possível conferir nas redes sociais do ministério todas as informações atualizadas sobre o Auxílio Emergencial 2021.

O Ministério da Cidadania oferece, ainda, atendimento telefônico pelo número 121 e pela Ouvidoria por meio de formulário eletrônico. Outra opção é enviar uma carta para o endereço: SMAS – Setor de Múltiplas Atividades Sul Trecho 03, lote 01, Edifício The Union, térreo, sala 32, CEP: 70610-051 – Brasília/DF.

Texto: Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania
Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil
Edição: Agência Republicana de Comunicação – ARCO

 

Reportar Erro
Send this to a friend