Robson Magela questiona prefeitura sobre fechamento do ponto de táxi no centro de Araxá

“Por que ao invés de encher a paciência dos taxistas o prefeito Aracely não constrói um ponto de táxi decente para que eles trabalhem com dignidade?”, questionou o vereador

Publicado em 28/02/2019 - 00:00

Araxá (MG) – O vereador Robson Magela (PRB) usou a tribuna da câmara municipal na reunião ordinária de terça-feira (26), e questionou a Prefeitura de Araxá, que quer acabar com o ponto de táxi localizado na praça Coronel Adolpho e colocar cada taxista em uma das ruas do Centro da cidade.

O ponto de táxi funciona de forma improvisada há anos em frente ao antigo prédio da câmara municipal. “O ex-prefeito Jeová revitalizou a avenida Antônio Carlos e ignorou os taxistas que ficavam ali no ponto de táxi que existia na antiga praça, debaixo de árvores frondosas. O Jeová não fez um novo ponto de táxi na avenida revitalizada e jogou os taxistas ali para frente da antiga câmara”, disse Robson.

Robson foi procurado pelos taxistas que lhe contaram que servidores da prefeitura informaram que eles têm que sair do local, sendo que cada um será remanejado para uma rua diferente do centro de Araxá. “Como os taxistas vão trabalhar sem ter uma estrutura com banheiro e telefone? Ou a prefeitura pretende instalar um banheiro e um telefone em cada rua do Centro? Existem pontos de táxi estruturados em todos os setores da cidade, menos na avenida Antônio Carlos, onde o fluxo de pessoas é imenso”, questionou o vereador.

O republicano cobrou o prefeito de Araxá sobre a situação. “Por que ao invés de encher a paciência dos taxistas o prefeito Aracely não constrói um ponto de táxi decente para que eles trabalhem com dignidade? A população precisa de um prefeito que crie novos postos de trabalho na cidade e não que atrapalhe quem está trabalhando”, encerrou o parlamentar.

Texto e foto: Ascom – vereador Robson Magela
Edição: Agência PRB Nacional

Reportar Erro