Lideranças femininas são homenageadas por de Claudinei Marques

O vereador Claudinei Marques fez as homenagens às lideranças femininas, na segunda-feira (2), em Sessão Solene na Câmara Municipal de Florianópolis

Publicado em 04/12/2019 - 00:00

Florianópolis (SC) – A pedido do vereador Claudinei Marques (Republicanos), a Câmara Municipal realizou, na última segunda-feira (2), uma sessão especial para homenagear Cintia de Queiroz Loureiro com a Medalha Joana de Gusmão e Beatriz Aparecida dos Santos Moratelli com a Comenda Herbert de Souza.

 “Fazer essa homenagem às mulheres que sempre apoiam nossa cidade é fortalecer os que fazem a nossa capital cada vez melhor”, frisou o vereador Claudinei Marques

Cintia de Queiroz Loureiro, mestre em arquitetura pela UFSC e coordenadora da Rede Somar Floripa, falou da importância da homenagem.  “A honraria é uma forma de reconhecimento ao Somar Floripa que atua com trabalhos voluntários de cuidado das pessoas, da comunidade e dos animais. A rede conta com mais de cinco mil voluntários e 80 organizações cadastradas, onde também já possibilitou a doação de mais de 140 mil itens às entidades sociais” relatou a coordenadora.

Beatriz Aparecida, pós-graduada em Violência Doméstica pela USP e assistente social da Prefeitura de Florianópolis, é coordenadora geral do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – Creas-Ilha. “Sinto-me valorizada enquanto servidora pública e com o sentimento de dever cumprido em defesa dos direitos das crianças e adolescentes do município de Florianópolis”, comentou Beatriz.

Saiba mais

A Medalha Joana de Gusmão tem por objetivo homenagear pessoas e instituições que se destacam pelo trabalho voluntário por meio de entidades filantrópicas de Florianópolis.

A Comenda Herbert de Souza, criada pela lei nº 5697/2001, visa homenagear e reconhecer o trabalho desenvolvido em defesa da criança e do adolescente.

Texto Fabiano Peres e Marcio Cruz / Ascom – vereador Claudinei Marques
Fotos: Édio Hélio Ramos / Ascom – Câmara Municipal de Florianópolis
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro