José Freitas discute a criação de Central de Intérpretes em Porto Alegre

José Freitas discute a criação de Central de Intérpretes em Porto Alegre

Vereador do Republicanos se reuniu com o diretor da Acessibilidade de Porto Alegre para tratar do assunto

Publicado em 18/11/2019 - 00:00

Porto Alegre (RS) – Autor de projeto de lei que prevê a criação do Programa de Intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e de Guias Intérpretes para Deficientes Auditivos e Surdocego, o vereador José Freitas (Republicanos) se reuniu com Jorge Brasil, diretor-geral de Acessibilidade e Inclusão Social da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte (SMDSE), na manhã de segunda-feira (11).

Na ocasião, o parlamentar foi informado a respeito do projeto do Executivo, que prevê a implantação de uma Central de Intérpretes Remota – serviço de interlocução entre surdo e ouvinte. Para Freitas, embora seja um avanço, o sistema virtual não substitui a presença humana.

“Continuarei lutando para que o Executivo invista na criação de um espaço, com a presença de intérpretes e que estes possam acompanhar as pessoas com deficiência auditiva em consultas médicas, bancos, entre outros”, esclareceu José Freitas.

Ainda de acordo com o parlamentar, o encontro também teve o objetivo de verificar junto ao gestor a necessidade de criação de emenda impositiva na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020 para viabilizar a implantação do Programa Central de Intérpretes.

Também acompanharam a reunião, Adílson Corlassoli, assessor técnico da SMDSE e Willian Costa, supervisor de gabinete do parlamentar.

Texto e foto: Graziele Corrêa/Ascom – vereador José Freitas
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro