Florianópolis de frente para o mar

Artigo escrito por Claudinei Marques, vereador em Florianópolis pelo Republicanos

Publicado em 28/11/2019 - 00:00

Após mais de dois anos de debates e ajustes, o projeto do Parque Urbano e Marina da Beira-Mar Norte parece estar caminhando para o desfecho esperado, sua implantação. Nesta quinta-feira (28), a Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico apresenta o edital do Parque Urbano e Marina Beira-Mar Norte.

A obra, além de criar um espaço com uma arquitetura diferenciada no sul do país e comercialmente atrativa, prevê contar com 600 vagas para embarcações privadas e 60 para uso público. O Parque Urbano está planejado para ter cerca de 200 mil metros quadrados, dando para Floripa uma nova área de lazer, com possibilidade de aumentar a procura por esportes ligados ao mar, algo tradicional e que está no DNA da capital, como a vela e o remo, por exemplo.

Sou favorável ao Projeto de Lei da Concessão Onerosa de uso de bem público situado no município de Florianópolis e, com isso, o Parque Urbano e Marina Beira Mar terá uma nova possibilidade de uso e espaços para a prática de esporte, lazer e contemplação.

A área contará com um parque urbano público, de convivência, com espaço para a realização de eventos, estacionamento de veículos, quiosques, área de lazer e espaço para práticas esportivas que envolvam o mar. Haverá ainda a integração de modais, já que a parte de Marina abrigará vagas molhadas destinadas ao uso público, sendo uma parte designada a uma futura instalação de transporte náutico e na Avenida Beira Mar Norte está em implantação o BRT – Bus Rapid Transit.

Santa Catarina possui grandes marinas e uma das mais conhecidas fica em Balneário Camboriú, que há anos enxerga na força do poder náutico uma fonte de arrecadação e fortalecimento do turismo. Construídas com recursos da iniciativa privada, são ferramentas que ajudam no desenvolvimento das cidades em diversos setores.

Observar Florianópolis como uma capital com potencial náutico é um dever nosso, já que novos tributos podem ser revertidos ao município, assim como o surgimento de novos postos de trabalho, escolas para formar marinheiros e reforçar o interesse das pessoas no setor. Há a ideia de pleitear receber cruzeiros no futuro. Como foram feitos testes de desembarque em Canasvieiras, discutir a situação com antecedência é fundamental para evoluirmos no assunto.

O trabalho envolvido para tornar a Beira-Mar Norte novamente balneável, algo que estamos vendo acontecer após muitos anos de poluição, pode ser o início dessa nova forma de utilizar o transporte marítimo, além de uma possível integração entre estações. Tudo isso reforça a importância de nos atentarmos a novas estratégias para crescimento da nossa amada cidade.

Totalmente executado com recursos privados a partir da concessão do espaço a empresas privadas, o Projeto Parque Urbano e Marina Beira Mar surgiu de uma manifestação das entidades empresariais de Florianópolis que entregaram estudos que mostravam a viabilidade inicial do empreendimento.

Poderão participar da licitação, qualquer pessoa jurídica, fundo de investimento ou consórcio. As obras devem começar no final de 2020, segundo estimativas da prefeitura de Florianópolis.

*Claudinei Marques é vereador em Florianópolis pelo Republicanos

Reportar Erro